Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

27 de abr de 2011

Algumas palavras enchem meu coração...

Eis que recebo um comentário na minha postagem sobre o livro:

Laudicea Ferreira disse...
Com certeza Aline terá muito sucesso, já sou sua fã a tempos e senti muito sua falta de suas palavras, nesse tempo que passou... mas espero que continue postando, pois como já disse tenho seu blog como de cabeceira... O tempo que passou sem escrever...lia os antigos e cada vez que os lia, tinham novas impressões e olhares...quando a leitura é boa o melhor e sempre repetir...e repetir... é assim que eu faço! Boa sorte e sucesso! ks Lau


Nada poderia me deixar mais feliz. Muito obrigada Laudicea, por dar sentido e razão a cada letra que escolho enquanto escrevo.

Beijos de luz a você e a todos que me acompanham!

24 de abr de 2011

A vida é um eterno colorir

A gente escolhe a cada dia os tons que queremos colorir cada momento.
Há os coloridos de alegria, as cores vibrantes que levam ao riso. Há
os sombreados...
A disposição humana tem uma caixa de lápis coloridos. Com que cor
você colore a sua vida?

21 de abr de 2011

Tristeza

São tristes as mazelas da vida, das quais não sabemos origem ou
resultado. É triste um terremoto, mães chorando a perda dos filhos, o
suicidio...

Mas também é triste quando ele não liga, mesmo quando não se sabe
nem o nome, nem o telefone, porque ele (ou ela) surgiu e sumiu. É
triste quando a verdade se apresenta tão diferente dos ideais de amor.

A tristeza não tem medida. Grande, intensa, suave ou profunda... Pode
ser motivada pelos acontecimentos de fora, pode ser motivada pelos
acontecimentos de dentro.

Pode vir sem motivos também.

Enviado de meu iPhone

18 de abr de 2011

Livro

Houve um tempo em que eu recebia 10 vezes mais visitas neste blog.

Se bem que um blog que não é atualizado é o mesmo que sair para
jantar sozinho, ou visitar uma parede. Entendo.

Neste período de silêncio o que mais quero e penso e na publicação
do meu romance.

Agora mesmo estou escolhendo diagramador para imprimir e enviar a
editoras. Qualquer dia desses meu coração vai se encher de alegria,
quando souber que você entrou numa livraria e logo adiante na
prateleira encontrou um livro meu. E comprará, se acaso queira, e, se
gostar, serei feliz a vida inteira.

Enviado de meu iPhone

13 de abr de 2011

10 de abr de 2011

Vou reunir em um poema

Vou reunir em um poema
todas as belas coisas do mundo.

Unirei sorvete e flor,
papel e lagrima,
sonho e lua,
estrela e amor.

Cantarei em versos
nuvem, musica, beleza e vida
Brisa, silencio, encontro e despedida.

Vou misturar no poema
velhice, criança, planeta

brisa,
céu azul, lábios, luneta...

Pode ser que ninguém leia ou veja.
Ainda assim será um poema!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...