Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

30 de set de 2009

História de Amor

A vida é quase doce
Como a estrela que quero contar ao teu ouvido
E quase bela, me iluminando a face
Como um beijo teu, meu mais querido.

Tenho centenas de páginas
Escritas de dor
Onde derramei amor
Sem encontrar sentido...

Quando passaram-se anos
A recompensa bem-vinda
Feita de panos
E de uma estampa linda
Vestiu-me de sonhos
Que eu já não tinha mais,
Enquanto refletia cores de raros cristais.

Olhei teu encanto de novo na estrada
Inspirando outro pranto, agora de alegria
Buscando entre retratos a nova namorada
Encontrou no meu canto aquela que queria.

E de esperar-te tanto, quando minh'alma desistia
Ouviu de novo o canto que em tua voz me pedia
Que viajasse a ti e ao teu lado ficasse
E contigo construisse castelos de amor
Que o vento não derrubasse

Recebeste com flor a promessa vindoura
E regaste com carinho e beijo
O jardim de sentimento,
O mundo novo deste ensejo.

E por fazer de novo sorrir
Aquela que em tua ausência havia chorado
Que será efêmero o partir
E eterno o encontrado.

Ontem

Meu blog é meu diário (às vezes me pego em justificativas para falar sobre as banalidades de ser eu, falo delas porque é isso que se costuma fazer com liberdade ao escrever um diário).

O Wagner, namorado da minha irmã, Andreza Ahmad, chegou de Los Angeles e trouxe a Alexis, que trabalha com ele, e uma amiga dela. Eles passaram o final de semana em Salvador onde o Wagner se apresentou com o Pepeu Gomes em praça pública para milhares de pessoas. Eles abriram o show do Capital Inicial. Imagino que tenha sido emocionante tocar para tanta gente.

Ontem a Alexis e a amiga, Amber, que já tinham voltado da Bahia, me pediram para leva-las ao shopping. Só para chegar em São Paulo demorei umas 2 horas no trânsito. A Amber passou mal, precisei parar o carro. Isso porque ela mora em New York. Está acostumada com trânsito de cidade grande mas o de São Paulo a deixou indisposta.

Alexis tinha comprado jóias em uma joalheria de Salvador. Fomos em uma loja da mesma rede em São Paulo para que ela pudesse ajustar o anel e só então compreendemos que pelo fato dela ser amaericana ela não precisaria pagar as taxas e impostos imbutidos no valor da peça. Isso significou um desconto de 60%. Ou seja, ela pagou apenas 40% do preço cobrado a um brasileiro pela mesma jóia. Fabuloso!

Na volta pegamos mais trânsito, fiquei exausta de tanto dirigir... Ainda tive que levar Amber ao aeroporto. Ela foi embora antes. Alexis fica até sexta.

O mais importante a dizer

Amar é ter poucos assuntos para contar além do mais importante a dizer.
O mais importante a dizer?
Eu te amo!

29 de set de 2009

Cansaço

Hoje peguei horas e horas de trânsito, estou com bastante sono e o dia ainda não terminou...

28 de set de 2009

Mais que palavras

Às vezes escrevo bobagens, são apenas retratos de um instante que se dissipam no ar... Quando releio as palavras vejo que não são eternas, ainda que assim fiquem quando escritas, petrificadas no texto. Talvez as palavras sejam mesmo eternas, mas os sentimentos que as inspiram são efêmeros. Por outro lado, acredito demais nos sentimentos eternos que palavras não expressam ou explicam. Talvez pela própria efemeridade que carregam por serem ainda menores e pequenas que o que há de mais importante no mundo: o amor.

Não é verdade que o amor é líquido. A paixão pode ser, o interesse, a superficialidade que reveste alguns sentimentos. Mas o amor, o meu amor, aquele que sinto, quando sinto, é muito sólido, muito vivo, muito completo, muito profundo.

... Sempre cresce. É como árvore, é como o fogo, é como uma criança, é como cristal.

Criança também sente

No meu trabalho, na escola, é comum que algumas crianças comemorem o aniversário com os coleguinhas. As mães levam bolo, salgadinhos, docinhos e todos comemoram. Hoje vi que apenas um aluno, de 8 anos não estava batendo palmas durante o parabéns. Ele se isolou quietinho em um canto e foi suficiente ver esta imagem que me convidava para que eu me aproximasse. Ele me explicou que gostava da Suria, uma menininha de outra turma e que para ela tinha escrito uma carta de amor, mas achou que não estava tão boa, por isso a jogou na lixeira da sala de aula, mas assim que os coleguinhas viram passaram a provocá-lo. Ele não poderia ter me dito nada mais comovente que expressar esse seu amor tão puro. Fiz questão de valorizar a atitude bonita de escrever uma carta de amor e logo pensei no homem raro e sensível que ele poderia vir a ser no futuro. Temi que a experiência pudesse traumatizá-lo, entretanto logo vi que o seu isolamento espontâneo era mais uma forma de chamar a atenção do que uma mágoa verdadeira. Ele se dizia com muita "raiva" dos coleguinhas. Ouvi-lo dizer "raiva" com toda a "raiva" que seu olhar foi capaz de transmitir, foi bastante contrastante para mim... Eu acabara de ficar impressionada e surpresa com o doçura de um amor, sentimento belo, cristalino, brotando de um coração pueril... O mesmo coração agora mostrava-se do avesso, sentia o oposto. Assim somos todos, capazes de sentir os inversos. Ainda quero ajudar aquele aluno a lidar melhor com o que está sentindo pela primeira vez.

Amor Líquido

Em um dia você sente saudade,
No outro procura defeitos,
Sentir é mesmo uma caixa de segredos.

Em uma manhã qualquer
O que servia não serve mais
E fica faltando um pedaço
Uma explicação, tanto faz...

Relacionamento é frasco frágil
Com amor dentro
Hoje em dia o amor não é mais sólido
É líquido
Pode escorrer de pequenas rachaduras...

Leitura

Tudo que escrevo e sempre escrevi para você fica vazio sem seus olhos...

27 de set de 2009

Sono

Mesmo com tudo que eu queria dizer e contar, sobre o que sinto, vejo e presencio na minha vida, meus olhos fecham de tanto sono...

Equilíbrio fora de mim...

Onde está você agora?
Quando o meu coração o chama e meu corpo o pede?
Onde está você, mistério e transparência, do meu ser?
É com você que sei quem sou.
É com você que me reencontro comigo.
Você é meu equilíbrio.
Meu amado e meu amigo.
É para você que conto segredos.
É com você que eu fico.
É com você que se dissipam meus medos.
E é para voce que eu digo:
Amor!

25 de set de 2009

Poeira de Estrela

Meu coração, seguramente, é parte de uma estrela,
Com extremidades e brilhos que não se descrevem
Quem me vê pensa que sou alegre
Mas é o amor que me esconde
O amor que responde
Quando me perguntam quem sou.

Não tenho mais os mesmos medos
E longe de tudo eu me redescobri
Na coragem conheci o sossego
Dentro do perigo sorri.

Na aprendizagem cometi os erros
Na vida não busco perfeição
Precisaria de muitas linhas
Para contar os anseios do meu coração

Muitas letras que guardo,
Um pedaço do céu e uma canção.
Já conheço meu fardo
Renovar meu brilho
Fazer do amor um filho
E voltar a ser parte de uma constelação...

23 de set de 2009

É primavera...

Se fecharmos todas as janelas para nos aquecer do frio pode ser que fiquem embaçadas e nos impeçam de ver as cores e flores da primavera.

Clique aqui e deixe a janela da sua vida mais transparente para ver tudo de lindo que acontece do lado de fora!

Feliz Primavera!

Abandono

Você podia só me olhar
E o seu olhar encher o meu lugar de amor.
E eu juro te daria muita alegria, muita luz, muito encanto.

Mas se seu olhar desiste
Se abandona o canto em que estou debruçada
Se para outras linhas olha
E para elas sorri e persiste
Entre o tudo e o nada...

Pode ser meu amor,
Que seu sorriso fácil queira economizar-se
Pode ser, sonhador
Que esteja sonhando uma presença prometida
Enquanto só a ausência quer mostrar-se

Que vontade terei eu desse amanhã
Se hoje nem vem me confortar
Com abraços e beijos?
(mesmo que não possa recebe-los)

Que graça tem a noite
Se ainda vê o dia e não me encontra?

Se ainda vê o dia e nao me vê
É poque me perdi na noite escura em que me deixou só
Pode ser que enfim, em um novo amanhecer,
Possa reencontrar:
Seu olhar, nosso amor e você!

Deus

Ainda estou colocando coisas em ordem, tirando coisas do armário que estavam em desuso... Entre papéis perdidos e amarelados esquecidos em bolsas velhas encontrei uma frase que me tocou há muito tempo:

"O ser humano não pode conhecer Deus antes de aprender a serví-lo no templo de todas as almas humanas". (Paramhan Sayogananga)

Sempre acreditei em um Deus presente no leito de cada coracação humano. Deste Deus sou devota.

21 de set de 2009

O beijo

Tenho um beijo guardado
Ele é ridículo e doce
Ridículo porque se dá sem existir ainda
E doce porque se doa completamente e com vontade

Está guardado, por isso existe apenas reprimido no peito
Está sufocado e quase sofre de saudade
Mas o beijo, que acontece na boca, sorri
Porque ele ainda não existe
Mas quem ele quer beijar sim.

Amor e sexo

"Acredito que a maior tragédia do homem tenha ocorrido quando ele separou o amor do sexo. A partir de então, o ser humano passou a fazer muito sexo e nenhum amor. Não passamos do desejo, eis a verdade. Todo desejo, como tal, se frustra com a posse. A única coisa que dura além da vida e da morte é o amor". (Nelson Rodrigues)

19 de set de 2009

Impressões

Depois de passar 3 meses e 10 dias (mais ou menos) viajando, cheguei segunda-feira, dia 14 de setembro, no Brasil. Pousei no aeroporto da minha cidade, o mesmo em que embarquei no dia 2 de junho deste ano. O meu plano era ficar um mês e 10 dias. Fui para estudar, conhecer pessoas e passar um tempo com minha família(pais e irmãs) na Califórnia. Conforme os dias foram passando os planos foram mudando, eu me apeguei a uma nova vida que fui vivendo como se aquela fosse a que tivesse vivido desde sempre. As lembranças do Brasil já estavam ficando remotas e esfumaçadas, longinquas, distantes... Eu estava feliz, integrada a uma nova rotina. A idéia de voltar ao Brasil vinha acompanhadas de alegria, da excitação por voltar ao trabalho e poder rever as crianças que amo e que me sorriem todos os dias na escola. Em contrapartida eu já tinha aprendido a viver longe e compreendi que nós, humanos, somos sempre diferentes do que imaginamos. Temos a capacidade se surpreender nossas previsões de nós mesmos. Evidentemente eu não sabia quem eu era - continuo não sabendo - e tive atitudes muito diferentes da idéia que fazia de mim mesma. Descobri alguma independência e ousadia que somente dormiam no meu âmago. Conheci a possibilidade de cortar laços, de refazer outros e construir novos.

Quando voltei e passei a reencontrar as pessoas que amo percebi que, diferente do que imaginei, nada ou quase nada tinha mudado. Como se os três meses distantes fossem apenas o dia seguinte de quando me despedi. Eu trazia uma bagagem de experiência, vivências e parecia que o resto do mundo tinha vivido um único dia em muitos meses e eu, ao contrário, sentia ter vivido anos e anos, dentro daqueles meses. Depois repensei. Não se tratava do que tinha mudado ou continuado igual. Para todas aquelas pessoas muito tinha passado e acontecido, só qu eeu não estava presente, eu nao tinha participado de nada, por isso parecia o dia seginte. Nosso relacionamento tinha sido interrompido em um ponto e agora voltava àquele ponto para ser continuado. No vácuo entre um ponto e outro cada um preencheu como pôde, ou como quis.

Antes

Muitas vezes tenho a impressão de que escrevia melhor quando era antes, quando era ontem...

É como se tivesse desaprendido.

18 de set de 2009

Futuro feito de ontem

Sinto o seu amor chegar de longe e vir me abraçar
Quando não sinto preciso conversar sozinha.

Sinto um carinho sem toque
Que é música falada ao ouvido,
Ou voz e melodia tocada ao violão.

O que eu não sinto não olho
Prefiro sonhar com o que vai existir.

Crio o futuro com lembranças doces de um passado breve.
Recrio um mundo novo,
Que já vivi com você...

17 de set de 2009

Meu pai é uma lição de vida

Meu pai é uma história de vida. Leia aqui.

Tristeza

Sabe qual é uma das emoções que mais me pede para sair em palavras?
A tristeza.
Talvez o amor (e qualquer coisa que ele faça sentir junto, seja a alegria ou o medo) me peça ainda mais, entretanto, mesmo assim a tristeza justifica um texto.
Muitas vezes ela termina no ponto final, se esgota a medida que é exposta.
Tem dias que recebo telefonemas dos amigos que lêem o blog para saber como estou.
Vivo feliz, intercalada por pequenas baixas no espírito. Natural. Procuro entender que o amargo deixa o doce mais doce. A tristeza deixa a alegria mais alegre. Assim como escrever também me deixa mais feliz.

11 de set de 2009

As horas voam

Os ultimos dias sao sempre corridos. Por incrivel que pareca, depois de 3 meses, tem coisas que gostaria de fazer que ainda nao fiz. Nem terei tempo para fazer antes de ir embora.

Vou me despedir de Seattle na manha de domingo e chegarei no Brasil na manha de segunda.

Saudade do que esta la, saudade do que fica... Um pedaco meu em cada parte...

9 de set de 2009

Maravilhoso Rio de Janeiro

Acabei de ficar toda arrepiada e emocionada assistindo a esse video institucional do comite 2016 que mostra o Rio de Janeiro, nossos atletas e nosso povo!

Samba no Casamento americano


Aqui em Seattle acabei entrando em contato com americanos que adoram a cultura brasileira. Tenho amigos musicos que ouvem e tocam nossas musicas e amigas que fazem aula de samba. No casamento que estive neste final de semana teve ate uma apresentacao. Aproveitei para fazer essa foto!

Como ja tinha contado antes a festa toda aconteceu embaixo dessa linda e enorme arvore.

7 de set de 2009

Aprendizagem

Algumas coisas me irritam. Depois posso sentir que essas mesmas coisas me magoam... E se no inicio eu sabia falar delas com raiva, depois parece que so consigo falar delas segurando lagrimas. A longo prazo saberei falar rindo.
Por mais emocional que eu seja (e sempre fui) ainda estou em processo de aprendizagem sobre o que sinto...

Casamento embaixo da arvore

Ainda sem tempo para contar detalhes...
Fiquei ausente porque viajei para Oregon, um estado vizinho ao sul de Washington. La, na pequena cidade chamada Roseburg, presenciei um singelo casamento embaixo de uma imensa arvore de nozes decorada com velas. Eu nao sabia que as nozes nasciam em arvores de dentro de um fruto com aspecto muito parecido com um limao.
A viagem foi bem longa mas a festa foi bonita e especial.

4 de set de 2009

Jupiter e suas 4 luas em um jantar iluminado

Acabo de voltar de um jantar muito especial repleto de pessoas especiais. Quero ainda contar detalhes sobre o que aconteceu. Eu ate mesmo pude ver Jupiter e 4 luas em volta por um telescopio. Amanha viajo para Oregon para um casamento que acontecera no sabado. Penso que sera uma linda e singela cerimonia...

3 de set de 2009

Ar livre


Hoje (2/9/2009) conheci esse lindo lugar da cidade, que ainda nao conhecia... E ainda assisti a uma apresentacao de um pianista brasileiro talentosissimo, com essa vista de fundo...

Vivo

Quando escrevo menos e' porque vivo mais.

2 de set de 2009

Revelando o enigma

A foto abaixo, como revelado por "Altri discorsi" nos comentarios, e' de um reflexo do ceu em um lago.

1 de set de 2009

Qual o misterio da foto?

Voce consegue descobrir o que tem de estranho nesta foto? Ha' um misterio que te desafio a descobrir...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...