Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

16 de abr de 2008

Da cor que o Sol nasce

Pesquisando em meu arquivo do fotolog encontrei esta imagem e o texto que se segue:
É dessa cor que o Sol nasce. Tingindo o céu em matizes muito mais belas... Pessoas também são astros que lançam suas luzes (raios) pelo mundo. Um objeto iluminado não é o mesmo que um objeto sombrio, ou fosco. Um corpo que brilha faz tudo em volta brilhar. Um olho que brilha faz outro olho brilhar...
Preciso de pessoas que brilhem! Pessoas que me instiguem, que me despertem, que me façam pensar, que me façam sentir! Pensamento e sentimento fazem parte da parte (da vida) que me inspira: a escrever e a continuar vivendo; e a continuar pensando; e a continuar sentindo. Cada olhar me conta uma história, em palavras ou em gestos, ou em silêncio, ou simplesmente enquanto brilha. Fico com essas marcas, por isso minhas palavras não são tão "minhas" quanto soam ser. Não são tão autênticas. São reflexo de raios vindos de outro nasceres de Sol, de outros astros, em outras manhãs, com outras cores... São resquícios das emoções que me bronzearam, são vestígios de que fui tocada pelo câncer* de pele na derme do sentimento. Fui mexida, transformada. Ser a mesma e sentir-se diferente é algo constante. Quanto mais entro no mundo dos outros mais posso reconhecer meu próprio mundo. Diria Saramago que é preciso estar fora da ilha para reconhecer a ilha. E é fora de mim que olho para mim mesma, através do brilho de outros olhos, que iluminam os meus próprios. E quanto mais livre está o meu espiríto, mais dentro de mim ele se instala, como um prisão voluntária, uma volta à essência, ao ventre, à origem. Sou aquela mesma menina que deram à luz há 26 anos, e a luz continua me sendo dada de todas as formas - naturais e sobrenaturais - possíveis, como raios de Sol na aurora da minha vida.
Aline***
________________________________
*câncer não é somente o nome de uma doença que se reproduz progressivamente e invade o corpo provocando alterações no organismo. Com essa descrição poderia ser sinônimo de paixão (risos), ou de amor, ou até mesmo de aprendizagem. Mas Câncer é também o nome de uma Constelação!

** escrito em 22/03/2005

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...