Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

29 de ago de 2009

Desejo

Eu gostaria de ter algo a acrescentar de bonito e de bom todos os dias para escrever aqui. O que sinto, na verdade, e' que cada vez mais os dias tem ficado mais parecidos com uma vida e menos parecidos com uma viagem... Na viagens tudo e' mais intenso, na vida ha' tambem espaco para o tedio, para o ocio. Quando viajava costumava dizer a mim mesma que quando retornasse gostaria de viver a minha vida como uma viagem, observando tudo ao meu redor e querendo sugar o maximo de cada experiencia. Mas hoje, aqui, com a oportunidade que tenho, aprendi a valorizar tambem o descanso, o relaxar sem objetivo, sem pressa, isso tambem tem sua graca. As vezes a sede impede o paladar de sentir o gosto da bebida.

Semana passada, no culto em que participei muito se falou sobre o desejo, ou a renuncia do desejo. Uma vida sem desejo para aquela cultura seria uma vida mais sublime ou digna. Para mim o desejo e' divino, especialmente desejar o que ja se tem. Penso que Deus mora nesse desejo pelo que ja e' seu. Chamaria de amor esse sentimento. E' como continuar com sede mesmo depois de se hidratar. E' como ter fome, mesmo depois de comer, e' como continuar amando e desejando, mesmo quando ja se sente amado e desejado.

Minha viagem combina com esse sentimento de amor e desejo. Ainda em extase com as descobertas tenho "degustado" e apreciado cada sabor de tudo ja feito, com calma, vagarosamente, e diante de mim ainda um banquete esta servido e para ele uma vontade de come-lo que nao se esgotara com a fome saciada.

27 de ago de 2009

Mais um pouco de Las Vegas...

Esses videos foram gravados em Las Vegas e ainda nao tinha sido postados. Sao relativamente opostos. Um mostra a suntuosidade de ums dos hoteis-casino da cidade, outro mostra a natureza brilhando e encantando mesmo diante de tanta beleza produzida pelo homem.

Escrevendo

Para que escrever, se voce nem vai ler, se voce nem quer saber, o que passa aqui dentro?
Para que escrever, se voce nem sente o que sinto e nem de longe imagina o meu sentimento?
Para que escrever palavras soltas que tao pouco dizem o que penso e o que sou?
Para que escrever se escrever , de tao inevitavel que e', fica sendo so a extensao desse amor?
Um amor que comecou escrevendo-se...

26 de ago de 2009

Breve

Estou reflexiva. Tenho pensado na minha volta ao Brasil, em retomar coisas interrompidas. Logo preciso comecar a me despedir daqui...

25 de ago de 2009

Coisas maravilhosas jamais teriam acontecido...

Adoro essa frase:

"Às vezes tudo dá errado, aí acontecem coisas maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo desse certo". (Autor Desconhecido)

Percy Harrison Fawcett - O verdadeiro Indiana Jones

Tem assuntos interessantes que leio e que nao cocnsigo deixar de compartilhar aqui. Esse personagem historico e' um exemplo. Alem de ter inspirado o filme Indiana Jones, Fawcett estara em breve nos cinemas na pele de Brad Pitt com filmagens marcadas para 2010, no Brasil. Muito misterio envolve a sua peregrinacao por terras brasileiras, iniciada em 1925, em busca de uma cidade perdida que ele acreditava existir. O seu desaparecimento faz com que tudo fique ainda mais oculto e suscite ainda mais curiosidade.

Leia a materia completa aqui.

Belchior

Algumas noticias chegam do Brasil, amigos contam e o boca-a-boca atravessa continentes inteiros. Belchior sumiu, saiu ate' no Fantastico. O cantor e compositor de classicos como "Como os nossos pais", famosa na voz de Elis Regina, desapareceu sem deixar rastros. Mas a noticia completa e curiosa, com um video de Belchior se apresentando em um show de Tom Ze, em marco desse ano, voce encontra aqui.

"Não fosse Tom Zé ter reconhecido o indefectível bigodão perdido na platéia de um show que fez em Brasília em março deste ano, os milhares de fãs que mantêm sites e comunidades no Orkut em busca do cantor já teriam até pensado que – toc, toc, toc – "Bel", como chamam, bateu as botas. Vestido com uma saia estampada à "calçadão de Copacabana", Tom Zé avistou o cabra, parou o show e o chamou ao palco. Meio tímido e bastante cabeludo, Belchior subiu e não fez feio. Entoou, vozeirão em dia, uma versão de "Sweet mystery of life". Tom Zé, em reverência, foi assistir da platéia. "

(Eu encontrei tudo via o twitter do jornalista @mauriciostycer)

24 de ago de 2009

Contardo Calligaris

Adorei essa coluna do Contardo Calligaris. Fiquei com vontade de assistir ao filme.

Beijo de Luz - Vitor e Leo

Fui avisada por minha irma que a nova musica de Vitor e Leo tem o mesmo nome do meu blog. Ela perguntou se foi para mim. Nao que eu saiba... risos Mas agradeco se voce esta me visitando por esse motivo e o convido para aproveitar a coincidencia para conhecer um pouco do que escrevo. Quem sabe voce nao esta aqui por acaso e sim por um motivo maior... Espero que alguma mensagem minha sirva para voce!

Resumo

Entao vamos la!
Essa semana foi repleta de eventos.
Cada dia fiz uma coisa diferente. Jantar indiano na segunda, fui correr no parque na terca, recebi amigos na quarta, fui assistir a flautista Alice tocar no parque na quinta, jantei na casa de Mary Flowers (uma brasileira notavel que mora aqui) na sexta, fui a um festival tibetano no Seattle Center ontem (sabado) e hoje assisti um culto hindu com direito a almocar prasada (uma especie de comida sagrada, por ser oferecida enquanto e' feita). Lembrei de minha irma Adelita que ja esteve na India.
O tema do culto foi a vida apos a morte. Mesmo ainda nao sendo fluente ate que consegui acompanhar e compreender quase tudo.

Relacionamento Amoroso

Adoro refletir sobre o amor. No sentido de relacionamento homem e mulher. Observo muito. Estudo o tema desde que me conheco por gente. A minha amiga brasileira que voltou ao Brasil para encontrar o marido me disse uma coisa sabia que ja repassei para a minha irma que esta no Brasil, longe do noivo que esta em Los Angeles. O amor que faz bem preenche a gente mesmo longe do ser amado. Quando causa dor, sofrimento, tem algo errado. O amor existe para iluminar a vida particular e contagiar a vida alheia.

20 de ago de 2009

E' a vida...

Hoje logo cedo soube que uma jovem de 25 anos faleceu de uma doenca rara.
A morte esta sempre tao proxima. E' a mais evidente consequencia da vida. Inevitavel.
Ainda assim e' tao mais dificil aceitar a morte de um jovem. E' como se a pessoa ainda nao tivesse completado o ciclo cujo o qual todos devemos passar. Envelhecer e' um pedaco da vida, assim como se imagina que seja casar, ter filhos. Ser interrompido no meio desse caminho mexe com estruturas que vamos moldando ao longo dos anos. Sao modelos de como a vida deve ser.
A paz esta em aceitar que cada ciclo tem a sua beleza, os menores nao sao menos importantes nem menos belos que os outros, sao apenas menores...
Alguns vivem dias que valem por anos e ha' mesmo pequenos momentos que valem uma vida toda...

19 de ago de 2009

Materia

Desde que minha viagem comecou, e falo de viagem em um sentido concreto, de pegar malas e ir em busca de bagagens menos materiais, quase nao comento outro assunto a nao ser eu mesma, o que vivo, o que faco, o que penso. Sao voltas sobre essa ilha que sou. Voltas que tenho feito sem rumo. Apenas sento e escrevo. E quando as palavras contam mais fatos que pensamentos, embora sejam mais reais, compravaveis, sao tambem efemeras porque os acontecimentos passam... Eu fico.

Quando as palavras contam de mim sao como seres flutuantes, rarefeitos, nao sao materia. Sinto que tambem nao sou...

18 de ago de 2009

Sera que exagerei nos acessorios?


Foto tirada no domingo, no Brasilfest, um festival de cultura brasileira com muita musica. Acontece uma vez por ano aqui em Seattle.

Natureza e Chocolate




Os dias estao corridos e belos. Tenho conhecido lugares muito lindos ao lado de pessoas especiais.

No final de semana fizemos uma mini-viagem ao interior do estado de Washington. Passamos por lindas paisagens naturais. Muito verde, arvores, rios... Conhecemos um sabio homem reverendo de uma igreja paga. Isso rendeu algumas horas de conversa conhecendo a simplicidade rustica do lugar e ao mesmo tempo a natureza que abraca o espaco onde a "igreja" esta localizada.

Muitas fotos depois voltamos para Seattle quando a tarde estava no final e o sol ainda brilhava forte.

Quase sempre, quando um brasileiro deixa os EUA precisa comprar malas para levar tudo de volta. Passamos em um loja para levar uma porque uma brasileira nos deixaria quase no dia seguinte. Antes de ir embora ela me ensinou a fazer um bolo de chocolate de 4 camadas com recheio de brigadeiro. Espero conseguir fazer a receita mesmo sem a presenca dela, foi uma professora bem presente e divido com ela o merito pelo bolo ter ficado delicioso.


Sem a foto me mostrando com batedeira em punho ninguem acreditaria...

15 de ago de 2009

Quinta e Sexta em Seattle

Desde que voltei a Seattle meu tempo de internet esta mais curto. Reencontrei pessoas que ja moram no meu coracao, conheci outras come se ja as conhecesse desde a infancia. Enfim, sinto-me em casa. E' quase como se tivesse voltado para a minha.

Cheguei na quarta `a noite e na quinta logo cedo fui conhecer o outlet que fica por volta de uma hora longe da cidade. `A noite fui convidada para jantar com um amigo em um restaurante italiano de farta comida. Ate' as sobremesas vinham em grande quantidade e experimentei de tudo. Uma delicia!

Hoje, sexta, o almoco foi de comida caseira com as amigas brasileiras que acabei de conhecer e que me acolheram como se soubessem quem sou desde sempre. Passeamos a tarde por Downtown e tive a oportunidade de voltar ao Jardim Japones, um dos lugares mais belos e magicos que conheci em toda a viagem.

Preciso marcar a minha volta ao Brasil. Minha ideia inicial era ficar um mes e meio, logo completar 3 meses que estou aqui, e' o maximo permitido com o meu visto de turista. Nem imagino como ser voltar `a minha rotina no Brasil. Sinto saudade e ao mesmo tempo ja sinto falta daqui tambem...

14 de ago de 2009

Pingos nos is

Railer deixou um comentario no blog me fazendo uma pergunta pertinente. E' que so pelas informacoes que passo por aqui se tornou impossivel compreender de que se trata a minha viagem. Acho que no fundo tenho a sensacao de que so minha familia e alguns poucos amigos se interessem por minhas palavras. Nem percebo que escrevo para alem de mim mesma...

Minha viagem comecou em junho. Meu intuito era fazer um curso de ingles e antes de voltar ao Brasil encontrar minha familia em Los Angeles (todos iriam para la), onde mora o namorado de uma de minhas irmas. A minha volta foi adiada porque minha familia demorou mais para vir aos EUA. Fiquei mais tempo em Seattle por conta disso e ainda nao marquei minha passagem de volta. Quando finalmente eles marcaram a passagem fui ate Los Angeles e fiquei na Cailfornia por 20 dias passeando com pai, mae, irmas e cunhado. Agora retornei a Seattle e daqui marcarei minha volta ao Brasil.

Wagner Fulco e' o namorado da minha irma, um brasileiro, musico, que veio para os EUA ha 14 anos sem nem sequer saber a lingua. Hoje ele e' um produtor conceituado e tem um estudio de ponta em Hollywood. Fico admirada com a garra e forca com que ele conquistou tudo que tem.

O tempo que passei no estudio (os estudios funcionam nos comodos da bela casa em que morou Carmem Miranda e onde Wagner mora e nos hospedou) foi de contato com musicos e artistas.

Aqui em Seattle levo uma vida um pouco mais pacata, mas nao menos encantadora.

Sinto saudades do trabalho e do Brasil, para onde voltarei em breve...

12 de ago de 2009

Pendulo de Foucault

Em Sao Francisco visitamos a Academia de Ciencia com o intuito de conhecer o Planetario. Infelizmente nao tinha mais horario porque felizmente estava acontecendo um evento chamado "NightLife". Muitas pessoas estavam visitando em clima de festa porque o lugar ficaria aberto ate' mais tarde. Tinha ate' DJ tocando.

Gostei deste pendulo!Olha que interessante!

Por que a gente vira adulto?

Eu amei conhecer o blog "Bebela em Conta-Gotas".
Criancas sao sempre surpreendentes e cada post e' um retrato do que Bebela faz que impressiona sua mae. Este foi especial
:

Por que a gente vira adulto?

Amanhecemos com aquela chuvinha fina e gelada em São Paulo.
Paradas no semáforo, logo cedo, Bebela olha pela janela do carro e diz :

- Mamãe, olha aquele tio "pobrinho" na chuva...

Era um mendigo, desamparado, numa esquina cinzenta, ignorando a chuva, completamente molhado. Ele tinha toda a tristeza do mundo em seus olhos.

- É filha... é muito, muito triste isso.

O farol abriu, eu estava atrasada, e saí andando.

Indignada ela disse :

- Mas mamãe... você vai deixar ele ali ?


Por: Solange Maia

Estudio Wava Flow

Hoje, depois de comer doritos na cozinha com a nova estrela da musica pop que sera lancada em breve, fiquei refletindo. As pessoas famosas sao comuns, sao apenas pessoas, so que mais inacessiveis. E sao mais inacessiveis porque tem muita gente querendo o acesso a elas. Aqui no estudio estagiarios, produtores, musicos, engenheiros de som, empresarios, passam por todos os lados, impossivel saber quem e' quem. Conversei com Bryan e so' depois soube que ele produz musicas para Beyonce...

Quase o tempo todo ouco musica aqui, interessante que as pessoas estao compondo agora o que futuramente sera um hit no mundo todo.

11 de ago de 2009

Golden Gate


Minha irma, Adelita Ahmad, tirou essa foto artistica (ela e' artista mesmo) em que aparece um adesivo de I love Sao Francisco e a ponte ao fundo...

10 de ago de 2009

Rotina de um estudio em Hollywood

Rita. Pelo que entendi esse e' o primeiro nome da cantora que vao lancar e que vai gravar aqui no estudio. Ela e' magra, loira, tem um jeito bem de americana, alegre, simpatica, mas um pouco excessivamente afetada. Bom, desculpe o meu julgamento assim logo de cara, so quero descrever para que possam imaginar.

Assim que cheguei da Rodeo Drive fiquei na cozinha vendo o movimento. Passa gente para ca, passa gente para la. Tinha um baixinho dormindo no sofa, nao sei dizer se e' o Jay Z. Talvez fosse... Sei que a cantora chegou com o camera man junto que filmava tudo, ao lado dela. A primeira coida que ela fez foi acorda-lo (o baixinho do sofa). Se as cenas forem para um DVD pode ser ate que eu apareca ao fundo... risos. Alexis, a manager do estudio apresentou a casa toda para a cantora, ao lado foi o camera filmando tudo. Apresentou o Wagner, apresentou ate o Shubacka (o cachorrinho). (Minha irma acabou de entrar aqui e me contar que tambem foi apresentada, se as cenas nao forem cortadas do DVD ela vai aparecer... risos)

Coincidencia
Enquanto isso aproveitei para trocar algumas palavras com o Caito. O Caito e' uma historia interessante, nao me lembro se ja contei aqui e se contei vou contar de novo. Viajamos juntos em uma viagem de navio, no carnaval, ha mais de 5 anos, acho. Foi assim que nos conhecemos. Depois nao nos vimos mais. Minhas irmas acho que ate' encontravam com ele na faculdade, estudavam na mesma. E tinhamos um amigo em comum, o Ricardo Arantes, cantor. Enfim, eis que semana passada ele apareceu aqui no estudio. Simplesmente o Caito ja trabalhou aqui por um mes ha um tempo atras, e vai ficar mais um mes estagiando aqui, de novo. Com minha mania de descobrir o porque das coisas estou ainda pesquisando o motivo dessa coincidencia...

Rodeo Drive de Taxi

Hoje fui com minha irma, Andreza Ahmad, ate o Rodeo Drive, a rua mais badalada de Beverly Hills, que ficou famosa por aparecer no filme "Uma linda mulher", com Julia Roberts.

Fomos de taxi. Sempre que viajo os taxistas me encantam. SAo sempre gente simples com historias para contar. Adoro ouvir!

So nesse tempo que estamos aqui, as poucas vezes que tive que pegar taxi, garanto que em nenhuma se repetiu a nacionalidade do taxista. Los Angeles e' mesmo uma cidade onde mora o mundo todo.

Ontem, para levar meus pais ao aeroporto pegamos um taxista koreano que tinha morado no Brasil por 23 anos, em Sao Paulo, no bairro da Aclimacao. Falou com saudade da nossa gente, do nosso povo. Hoje, na volta, um iraniano me mostrou no celular uma foto que tirou com Pele, no inicio desse ano. Na ida um armenio nos mostrou a foto da netinha com os mesmos olhos azuis que os dele. Talvez o que eu mais goste nesse mundo seja me conectar com as pessoas... Na semana passada pedimos pro Flavio, assistente do estudio, para chamar um taxi. Como chegou 10 minutos antes do horario que combinamos nos ainda nao estavamos prontas e o taxista foi grosseiro com o Flavio e queria ir embora. Quando entramos no carro estava aquele "climao", o motorista tinha acabado de discutir com o Flavio por causa do nosso atraso. Eu lancei: "Where are you from?" Ele era de um pais proximo a India, que agora me fugiu o nome, aproveitei para colocar minha irma na conversa. Adelita ja foi para a India, mas o que ele gostou mesmo foi de falar sobre o nosso futebol. Ele acompanha desde crianca e disse que e' o melhor do mundo! Quando chegamos nos desculpamos pelo mal estar, pelo atraso e ele sorriu dizendo que ja tinha ate esquecido. O sorriso, o sorriso e' meu maior premio! Tem coisa melhor que receber um sorriso de alguem? Quando ele e' puro, sincero, espontaneo... Gosto de sentir que a pessoa sorriu tambem por dentro.

De volta ao estudio

Chegamos em Sao Francisco na madrugada de quinta-feira. Acordamos tarde, saimos a tarde como se fosse de manha e passeamos o dia todo. Na sexta foi um dia de mais descanso. Conhecemos a academia de Tae Kwon Do da Dr. Kim e jantamos na casa dela (como ja contei aqui).

Saimos de Sao Francisco no sabado e chegamos aqui em Los Angeles exaustos no final da tarde. Ontem, domingo, meus pais e minha irma mais nova deixaram a cidade e voltaram para o Brasil. Fomos todos ate o aeroporto e voltamos menos de la... Voltei eu, Andreza Ahmad, minha irma, e o Wagner (Wagner Fulco, namorado dela).

O Wagner ja chegou tendo que trabalhar. No final da tarde acompanhei a gravacao de voz no estudio. Alguns amigos meus conseguiram acompanhar ao vivo em camera aberta pela internet. Foi muito bacana! O Jesse, que estava fazendo os vocais, e' filho do ator Don Johnson, que atuava no seriado Miami Vice. Ele e' enteado de Melanie Grifith e quando ela casou com Antonio Banderas ele foi morar com a madrasta. Portanto o Antonio e' quase um pai para ele. Tem foto dele aqui, no blog da minha irma mas pessoalmente achei ele mais bonito. Tambem foi super simpatico comigo, veio me cumprimentar no estudio, se apresentou e quando a gravacao terminou fomos jantar no Birds, aqui perto.

Foto de Sao Francisco



Tirei essa foto no Pier 39, em Sao Francisco. Alem do lindo ceu da para ver minhas irmas Andreza e Adelita e o Wagner, namorado da Andreza.

8 de ago de 2009

Dr. Kim

Algumas experiencias merecem ser vividas. So assim podem ser compreendidas. O que eu e minha familia vivemos na sexta foi algo de tao especial que qualquer descricao que tente explicar pode gerar julgamentos que nao mereciam ser suscitados diante de algo tao bonito e especial. Aqueles que julgam, como eu tambem julgaria, estao submersos no lodo da razao, por vezes limitadora e burra. O que passamos ultrapassou explicacoes racionais e atingiu o ambito espiritual, cujo qual a racionalidade nao pode penetrar.

Mesmo diante desse desafio quase impossivel que me proponho, de transmitir um pouco do que passei, temo que voce, lendo as palavras nao confie em mim o suficiente para me acompanhar com desapego aos valores que lhe foram impostos ate aqui. Nao se trata de nenhuma alienacao. Vou contar uma experiencia que vivi. Nao pretendo abandonar a minha vida ou doar tudo que tenho, eu apenas me comovi e reverencio a energia que recebi nesse encontro.

Fomos conhecer Dr. Kim. Wagner tem a ela como alguem de confianca, uma conselheira. Ela e' uma mulher diferente. Creio que Dr. Kim conquistou o respeito das pessoas e se tornou extremamente famosa, principalmente na Korea, sua terra natal, porque foi a primeira mulher a se tornar mestre de uma arte marcial, o Tae Kwon-Do, isso em uma epoca que as mulheres eram proibidas de praticar a "luta". Alias ate hoje nunca soube de nenhuma mulher que chegou a ser mestre de uma arte marcial, pois ela nao so chegou a esse nivel como hoje e' a mestre de Tae Kwon-Do mais respeitada e conhecida do mundo. Quando treinou a equipe americana para uma olimpiada ela conseguiu que sua equipe ganhasse da equipe de seu proprio pais, a Korea. A imigrante koreana que chegou aos EUA sem saber a lingua e que fazia faxina para se sustentar escreveu em ingles frases que nao sabia dizer para conseguir um emprego ensinando a sua arte. No papel os dizeres "Sou professora de Tae Kwen-Do, quero ensinar!"

Quando finalmente foi aceita nao demorou muito para que se tornasse a professora mais popular do lugar. Nesse tempo ela tinha vinte e pouco anos, hoje tem 63 e construiu um imperio. Suas empresas atuam em diversos paises no ramo da computacao. Hoje em dia ela ministra palestras e workshops. Escreveu varios livros. Em sua casa ja recebeu o presidente da Korea, celebridades e... E nos! Em sua parede estao expostas duas cartas que recebeu do Papa (ela se converteu ao catolicismo) e um convite para a posse de Obama. Tudo isso seria apenas uma historia interessante se ela nao correspondesse a tudo com seu sorriso, delicadeza, generosidade, espiritualidade, sensibilidade... Dr. Kim conquistou e impressionou a todos de minha familia. Nenhum de nos saiu de la se sentindo no direito de fazer algum comentario duvidoso sobre qualquer parte de sua historia, ou ate mesmo alguma critica a qualquer coisa do que vimos. Obviamente em uma leitura nao ha a vivencia e o sentimento do que passamos. Para quem apenas le ou ouve e' possivel criticar, mas diante de Dr. Kim nao. E' impossivel ver nela qualquer outra coisa que nao seja uma energia extremamente positiva de alguem que vive em contato com Deus, com a natureza, com flores e frutas que cultiva em seus jardins...

7 de ago de 2009

Sao Francisco

Nem conheco muitos santos, quem sou eu para julgar? Mas Sao Francisco e' o meu preferido! Nem por isso ha algo que me lembre ele por aqui. Eu teria que pensar mais a respeito...

Ontem fizemos um passeio revisitando lugares em que ja estive e conhecendo outros pela primeira vez. Fomos ate a Golden Gate, passamos pela Lombard Street.
Visitamos a Academia de Ciencia que eu ainda nao conhecia, com um lindo parque em volta. Vimos a exposicao "Tutankhamun and the Golden Age of the Pharaohs" ...

Terminamos a noite jantando no Pier 39. Lembrei bastante de uma viagem que fiz para a California em 1996. O tempo passa muito rapido... Na epoca tinha sido minha viagem mais longa, 1 mes de curso de ingles e diversao. Entre esta viagem e a outra nem parece que ha' 13 anos no meio. Uma vida!

Momentos engracados
A convivencia e' sempre delicada e dificil. Somos 5 pessoas da familia e mais o Wagner namorado da minha irma que esta tendo que se acostumar com tudo na marra. Cada um tem seu jeito, seu horario, seu gosto e ate que estamos conseguindo equalizar bem para que ninguem fique muito desconfortavel. O engracado e' que gafes acontecem o tempo todo e no final do dia, depois de algum stress por conta de atrasos e confusoes, a gente sempre termina rindo muito de tudo que aconteceu...

Beleza

A beleza é a inteligência à flor da pele. (Millor Fernandes)

Sao Francisco

Que lindo dia foi esse passeio por Sao Francisco!
Golden Gate, Pier 39, Academia de Ciencia...
Tenho fotos e muitas coisas para contar mas o sono nao me permite agora.
Beijos de luz

5 de ago de 2009

Jantar em familia

Minha mae sempre e' motivo de muitas risadas. As gafes sao interminaveis, ela e' espontanea, doce e alegre. Quem presencia nao esquece... Acho minha mae completamente fora do normal, ela tem algo de extraordinario. Nao sou so eu quem digo, seria suspeita para falar, mas isso e' o que eu ouco.

Nesse dia ela aprontou uma. Estavamos jantando no restaurane indiano aqui de Los Angeles para comemorar o aniversario da Adelita. Quando minha mae voltou do banheiro comecou a contar o que tinh acontecido. Aconteceu algo inedito, ela ficou timida e nao quis contar diante da camera. Quem conta para voces e' meu pai. No video:


Ela confundiu M de Men que em ingles significa homens com M de mulher. Entrou no banheiro masculino! rsrsrs

Fazer

Se nao houvesse amanha o que voce faria hoje?
Entao faça!

Ha poemas...

Ha poemas de lagrimas,
Ha poemas de risos,
Ha ate sem sentido,
Nunca sem sentimento...

4 de ago de 2009

Verdades?

Nao sei escrever poemas
Que nao sejam representacoes
De uma vida acontecendo agora
Representacoes nao sao a propria vida
Sao so representacoes
Mas se sei, nao sei mais, so sabia
Se queria, nao quero mais, so fingia
Agora entrego, exponho, sugiro, suponho
E se o que falo nao e' realidade
No minimo estas sao minhas meias verdades!

Util - Canais de TV pela Internet

Desde que estou longe do Brasil so me fez falta assistir televisao um dia. (Talvez algum outro, mas nao me lembro...)
Foi um dia em que a selecao brasileira de futebol enfrentava a selecao americana em uma final de campeonato e conseguiu ganhar de virada. Acompanhei por atualizacoes de texto com a maior vontade de ter assistido ao vivo as imagens se movendo...
Hoje, o Flavio, assistente aqui do estudio, ligou a internet na tv e acessou um site que transmite diversos canais do mundo, inclusive a Globo. Meus pais estavam ate agora vendo jornal, novela, etc...
O site e' esse: http://www.justin.tv/

Leao de verdade em Las Vegas


Las VEgas e' linda e cheia de exageros. Tem muita coisa "over" e "fake" na cidade. Mas ha tambem, em um dos cassinos, esse legitimo leao, impressionante! O coitado trabalha de segunda a segunda das 11h as 7h da noite... Veja os videos:



Cenas do aviao

Toda vez que eu faco um video para o blog eu gosto de aparecer nele. Nao e' so vaidade, e' uma forma do video ser meu, ser exclusivo, de ficar visivel que nao peguei da internet. Na viagem de aviao que fiz de Seattle ate Los Angeles eu consegui um assento na janela. Aproveitei para filmar e fotografar as montanhas do lugar. Nesse trechinho, alem de uma imagem minha, creio eu que a montanha que filmei (e fotografei) seja o Mont Rainier. Lindo!



Cenas da viagem

Foi o seguinte. No dia em que cheguei em Los Angeles fomos todos almocar. Minha mae resolveu ir ao banheiro e todo mundo estava ja cansado de espera-la na mesa, ja estavamos comecando a ficar preocupados quando ela apareceu do lado de fora. Ou seja, nos la esperando e na verdade ela que ja estava esperando a gente. Minhas irmas dizem que vou ficar igual minha mae. Ela sou eu no futuro. rsrsrs

Melrose

Hoje almocamos em Melrose. Precisamos pensar no que fazer amanha. O tempo passa depressa, quando pudermos parar um pouco ja tera passado...

Saudade do Brasil

Hoje completou 2 meses que estou longe do Brasil...
Estou feliz, mas algumas coisas que me deixam com saudade do meu pais.

Meu diario

Meu diario tem capa de couro vermelha e folhas espessas de papel reciclado.
Quando comprei achei que nem fosse usar, de tao bonito que ele e'. Poderia nem ter se tornado meu diario, mas hoje e' isso que ele tem sido.
Eu o trouxe para a viagem em branco, ja no aviao comecei a preenche-lo. Depois tive que usa-lo como caderno do curso de ingles, ate comprar um outro. La sim conto segredos e faco desabafos ainda mais sinceros que aqui.

Estou contando so para aticar a curiosidade...

3 de ago de 2009

Cachorros em minha vida


Alguma coisa aconteceu na minha infancia que eu nao me lembro exatamente o que foi. Algum trauma, provavelmente. Sei que sempre morri de medo de cachorro. Isso durou bastante, tanto que me incomodava visitar uma casa onde houvesse algum. Quando cresci eu tentava disfarcar, nem sempre conseguia. Bastava um pouco de intimidade para que eu pedisse por favor para prender o cachorro. Porque sentia um medo quase incontrolavel. Achava muito esquisito as pessoas que ja iam amaciando o pelo de cachorros desconhecidos. Era algo distante para mim. Tudo isso combinava com a minha familia. Meu pai nao queria criar um cachorro dentro de casa, dizia que isso era coisa para sitio, fazenda. Que nossa casa nao tinha espaco... Ate que ha uns 3 anos um ex-namorado de uma irma deu de presente ao meu pai uma filhote de pit bull. Dessa vez foi ele quem teve que disfarcar, por educacao, senti que tinha odiado e que em pouco tempo ela ja nao mais moraria conosco. Para mim seria um alivio, porque independentemente da raca, meu medo nao era agravado pelo tamanho do cachorro, eu tinha medo de qualquer raca e tamanho, na importava, eu nao me sentiria bem com cachorro algum por perto. So que ela foi conquistanso as pessoas. Nao demorou muito para que meu pai chegasse do trabalho e deitasse no chao para brincar com a Lila, o nome dela. Mesmo assim eu continuei evitando me aproximar. O medo foi passando mas eu ainda nao conseguia estabelecer afinidade, acho ate que fugia disso, com medo de uma outra coisa, talvez do dia que ela tivesse que nos deixar. Nao encontro outra explicacao plausivel por eu ter evitado tanto o contato com a Lila. O fato e' que muitas vezes a vi com carinha de triste e carente, como eu nao queria contato eu pedia "Mae, faz carinho na Lila!" Doia em mim ve-la solitaria, mas eu nao sabia resolver esse problema, ou se sabia nao queria, preferia que outra pessoa fizesse isso por mim. Antes da minha viagem (e ja faz 2 meses que estou viajando) eu estava comecando a quebrar essa barreira. Deixei de pedir para que outras pessoas fizessem carinho quando eu achava que ela estava carente e passei eu mesma a atender aquele olhar. So que logo em seguida viajei.

Quando cheguei aqui em Los Angeles algo me incomodou demais. (Tem coisas que sao instintivas e sao marcas mais fortes na personalidade, a maior parte da minha vida eu evitei os cachorros e nunca me achei insensivel com isso porque sempre amei criancas. Se nao me engano o ditado popular diz algo sobre a insensibilidade de pessoas que nao gostam nem de cachorros nem de criancas, eu me considerava salva, alias sempre fui sensivel ate demais) O que me incomodou foi constatar que o dormitorio do cachorro e' justamente no banheiro de hospede. Passei a evitar usar o banheiro, no primeiro dia, mas veja so que coisa mais dificil (risos) Pedi para minha irma, que esta acostumada com o cao aqui do estudio, ir ao banheiro comigo. Ela abriu a porta, segurou o cahorrinho com o pe, para que ele nao fugisse e me faz entrar. Achei que ela ficaria com ele enquanto eu escovasse os dentes, mas ela simplesmente fechou aporta e me deixou la com o bichinho. A minha primeira reacao (instintiva) foi gritar e tentar fugir dele. Sai correndo do banheiro. So depois me dei conta do ridiculo. Esse cao e' tao docil, tao fofinho. Quando racionalizei minha atitude, nos proximos dias, passei a reparar nele com mais atencao e ternura. Fiquei apaixonada. Ele tem dado continuidade a um processo que estava comecando no Brasil. Ele esta abrindo meu coracao para reconhecer essa outra especie viva que nao e' a humana (ja sou apaixonada pela especie humana, especialmente na mais tenra idade). Hoje fazendo carinho no caozinho me deu uma vontade de ter um cachorro parecido com ele... Alem disso me deu uma saudade e uma vontade de acariciar a Lila e de dar a ela todo o carinho reprimido e guardado que deixei de fazer quando a vi com olhar carente. E' sempre bom quando traumas sao superados!

Foto da Fonte



Bem atras de mim nessa foto aparece um pedaco do que estou contando do post anterior(no caso, o post abaixo)... Esse, por enquanto, e' meu lugar preferido em Los Angeles!

Fonte

A beleza tem me feito chorar, meu coracao esta sensivel.
Chorei no espetaculo dos Beatles, do Cirque du Soleil, quando todos batiam palmas e cantavam. Chorei ontem no show da Shamu, a baleia de Sea Wolrd e hoje, para completar, chorei diante da fonte do Americana. E' um shopping ao ar livre. De hora em hora as aguas da fonte dancam no ritmo da musica. Achei magico!

Ja tinha assistido outra vezes, mas como ja estava noite a fonte ficou ainda mais bonita iluminada, e a lua, e as arvores com lamparinas acesas... Quase tudo perfeito. So que eu estava sozinha nessa hora...

2 de ago de 2009

To apaixonada...



To apaixonada pelo cachorrinho do estudio: Schubacka

Obama imita Michael Jackson

Acabei de achar um video interessantissimo. Sem querer...
Simplesmente o presidente Obama esta imitando Michael Jackson. Nao sei em que momento a cena aconteceu mas nao e' que ele se saiu bem!?

Perseguicao

Tem uma pessoa me perseguindo
Ocupa meu pensamento
E la fica pelo resto do dia
Toma conta das minhas horas
Me faz companhia
Mas de corpo ausente...

Ela esta em tudo que penso
Se apossou de tudo que e' meu
Vida, sorriso, alegria,
Agora ficou tudo sendo dela.
Que absurdo!
Essa pessoa surge quase do nada
E ja comeca mudando tudo!?

Quem ela pensa que e'?
Me faz sentir vontade
Me faz sentir mulher
Me faz sentir saudade...

A pessoa que esta me perseguindo
Nao tem maldade,
Ela me quer.

Eros uniu essa pessoa a mim.

1 de ago de 2009

Resumo desses dias

Ontem fomos para um shopping a ceu aberto em Beverly Hills, quase identico ao que fomos na terca. Achei tao lindo quanto. Tem uma fonte de aguas que dancam de hora em hora no compasso de musica, cada hora toca uma musica diferente. Se quiser e' possivel sentar e almocar por ali mesmo, perto das aguas. As ruas tem flores que adornam as calcadas, e um lindo bondinho que passa levando as pessoas. Tudo muito agradavel de se ver... De la fomos para um restaurante chines. A noite saimos para jantar em um restaurante indiano para comemorar o aniversario da minha irma.

Hoje passamos pela calcada da fama. Muitas pessoas ficam caracterizadas como os personagens de cinema e cobram para serem fotografadas. Adorei um que parecia o Edward maos de tesoura e o Jack Sparrow. Por coincidencia os que mais gostaria de sair ao lado em uma foto sao personagens de Johnny Deep. Mas so passamos de carro e ficamos passeando ali perto. Nem quis tirar foto com ninguem. Minha mae quer tanto tirar foto de tudo que eu ate estou enjoando de ficar fotografando.

Estou um pouco resfriada e isso me deixa de mau humor e com um pouco de preguica para escrever. Peco desculpas as pessoas que me visitam e que me fazem companhia mesmo quando nao escrevo ou mesmo quando escrevo mal.

Beijos de luz,

Aline***

Viagem

A bagagem de uma viagem a gente carrega na mala, na mente e no coracao...

Saudade

So sente saudade quem ja provou a felicidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...