Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

30 de jun de 2009

Domingo de Musica


Domingo foi o show da Banda de musica brasileira. Convidei meus amigos koreanos do curso de ingles e fiquei super feliz, eles foram!

Os "gnomos" da flauta encantada, que tinha encontrado no dia anterior, no parque, tambem foram. Eu tinha convidado. Fiquei ate' um pouco na duvida se sao gnomos mesmo. Sera que eles apareceriam assim, duas vezes no mesmo final de semana?

Eu e a Jessica:

Eu e a russa que adora Kaoma:

A Victoria, da loja arabe tambem foi:


Tirei varias fotos, recebi as pessoas, incorporei a hostess. Tanto que tinha gente me perguntando se eu que tinha organizado o evento. Levando em conta que ajudei ate na divulgacao acho que dei uma maozinha sim.

Fiz esse video especialmente para o blog:
video

Cinema ao ar livre


No sabado a noite fui ver como e' o Fremont Outdoor Cinema. Um cinema ao ar livre que acontece aqui no verao. As pessoas levam cadeiras, algo para forrar o chao, mantas para se cobrir e fica todo mundo ali esperando o sol se por para assistir ao filme. Mantas para se cobrir? E', aqui mesmo no verao, a noite, as vezes venta muito, tanto que nem consegui ficar para assistir ao filme. Serviu mesmo para registrar a ideia.

Revolucao na cozinha - Qualquer um pode cozinhar


E pulando de galho em galho, de link em link, vou encontrando isso aqui, outro assunto ali.
A minha irma, Adelita Ahmad, trabalha em um escritorio de ideias e inovacoes que tem um blog chamado "Cha das 5". (Alias adorei o layout do site deles. Veja aqui)Todo dia as 5h da tarde todo mundo para de trabalhar para atualizar o blog. Hoje minha irma estava sem ideia e enquanto nos falavamos pelo MSN ela acabou escrevendo sobre a Solstice Parade, que ja foi assunto aqui. E ela acabou falando um pocuo da nossa relacao que se estreitou bastante agora que estamos ainda mais longe uma da outra. Veja aqui .

La no "Cha das 5" eu li um post que me chamou a atencao, ja que agora as vezes eu tenho me aventurado ou, pelo menos, tentado me aventurar, na cozinha... Trata-se de um movimento chamado "Pass it on" que busca inspirar pessoas que nunca cozinharam (eu no caso) a aprenderem e depois levarem isso a frente ensinando mais duas pessoas a cozinhar. O site com informacoes em ingles e' esse. O criador e' o Jamie Oliver que tem programa de TV e escreveu esse livro da foto (ainda nao consegui postar a foto, mas chama-se: "Revolucao na cozinha - Qualquer um pode aprender a cozinhar em 24h)), que ja e' meu objeto de desejo.

O ciclo de vida do salmao e a flautista encantada


Ainda contando sobre sabado, no Discovery Park conheci o ciclo de vida do salmao. No parque ha o encontro entre rio e mar. Eu nao sabia que o salmao nascia na agua doce, passava a vida na agua salgada e que depois voltava ao rio antes de morrer. La, dependendo da epoca do ano e' possivel assistir esta trajetoria atraves de um vidro. Vi os peixes nadando contra a correnteza, em uma bela metafora do que todos temos que passar em algum momento da vida. As vezes as aguas nos levam, mas ha tambem os momentos de enfrentar as aguas da vida, nem que seja para retornar para o lugar de onde viemos.

Aqui o video:
video

A Flauta Encantada


Antes de ir embora do parque ouvi um lindo som, uma flauta, parecia conto-de-fadas, provavelmente estava sendo tocada por um gnomo... Fui seguindo a musica e me deparei com uma linda paisagem bucolica. Nao tinha ninguem ainda por ali. So uma senhora e seu marido, dois seres que pareciam fazer parte da "floresta". A qualquer encanto eles poderiam desaparecer. Era ela que tocava, ele lia ao seu lado. Depois foi juntando mais gente. Na maioria criancas (acho que estes seres se comunicam melhor com criancas, alias eu nao deixo de ser uma delas).

Aqui um video curtinho, da pra ver a plateia de criancas e ouvir o som da flauta:
video

Will you be there? - Michael Jackson

Ontem em uma conversa, falando sobre Michael Jackson eu me lembrei.
Eu era adolescente, assistia muito MTV, gravava clips e programas em VHS, depois reassistia. Dancava em frente a TV. Cantava junto... Em um especial da MTV Michael se apresentou e algumas cenas ficaram marcadas. Eu as revi muitas vezes, ainda adolescente. Hoje, depois de tanto tempo, ao rever a apresentacao eu me emocionei. Suas palavras adquiriram um novo sentido, como no trecho em que ele diz: "Sou apenas humano!" Talvez o mundo tenha se esquecido disso. Michael Jackson era quase um ser mitologico em nosso planeta. Muito de sua vida causava estranheza. As inumeras plasticas, a mudanca de seu rosto, a criacao dos filhos, o escandalo de um julgamento. Todos se sentiam no direito de julgar, de comentar, de falar...

Seu carisma inegavel ainda impressiona cada vez que o vejo. Cada movimento seu faz a plateia vibrar, gritar, como se ele tocasse com o pulsar de seu mover e de sua voz algumas emocoes humanas. E ele era "apenas humano". A sua morte nos fez lembrar disso...

Nesta musica "Will you be there?" ele se questiona se estara sozinho nas maiores adversidades que pudesse passar pela vida... Espero que nao tenha se sentido so.

Para mim esta cancao e' uma suplica por amor e por compreensao.

Aqui o especial legendado em espanhol:



Aqui a mesma musica "Will you be there?", legendada em portugues:


Adoro o que ele diz no final:

No nosso momento mais sombrio
No meu mais profundo desespero
Você ainda vai se importar?
Você estará lá?
Nas minhas provações
E no meu sofrimento
Atraves das nossas dúvidas
E frustrações
Na minha violência
Na minha perturbacao
Atraves do meu medo
E minhas confissões
Na minha angústia e na minha dor
Atraves da minha alegria e da minha magoa
Na promessa de um novo amanhã
Nunca deixarei você partir
Pois você estara sempre no meu coração.

29 de jun de 2009

Sabado no Parque (continuacao)

Aqui e' muito comum ver esquilos passeando, inclusive pelas ruas. Eu ainda nao tinha visto nenhum e fiquei super feliz com a visita deste, passeando pelo parque, para o deleite do meu olhar.
video

Teve uma hora que o Sol estava tao forte que tive que me proteger deitada debaixo das folhagens das arvores.



Olha que lindo esse parque:

28 de jun de 2009

Sabado no Parque

video

Sabado fez um lindo dia de sol.

Fui conhecer o Discovery Park e para minha surpresa havia uma banda instrumental tocando belas musicas. Simplesmente adorei tomar um pouco de sol, naquela paisagem verde, ouvindo um som tao agradavel!

Musica brasileira, sem fronteira



Essa e' a banda brasileira que fui assistir assim que sai' da festa arabe, na sexta, em um bar em Downtown, chamado Casablanca. Interessante que nesta banda nao ha um unico brasileiro, todos sao apenas entusiastas da nossa musica. Ate a moca, que canta em portugues e samba como brasileira, e' porto-riquenha. O unico brasileiro que aparece nesta foto cantando e' na verdade vocalista da outra banda que vou assistir hoje, domingo, a noite. Ele fez so uma participacao especial cantando duas musicas esse dia. Acabei nao tirando foto de uma outra pessoa da nossa terra, a dancarina que pertenceu ao ballet folclorico da Bahia e contagiou os presentes dancando diversos ritmos e terminou vestida de passista sambando. Ah! O que aparece de cabeca baixa, tocando pandeiro sentado tambem e' brasileiro, de Santos, samba como ninguem. Eu tambem sambei. Chamou-me a atencao que as pessoas que estavam assistindo nao eram brasileiras mas dancaram animadas nos compassos de nossa musica.

Festa Arabe (26/06/2009)

Desculpe-me, ontem nao consegui escrever nada por pura falta de tempo e sobra de ocupacao...

As vezes imagino que voce (que me le) vem me visitar e possa querer saber de algo novo. Pode ser que a gente nem se conheca, mas a ideia de que voce existe e que, diante de tanta informacao que existe pela internet e por ai, voce reserva uma parte do seu tempo para ler minha palavras e' bastante agradavel para mim. Alias, e' esta ideia que alimenta a minha vontade de escrever...

Na sexta-feira a noite eu tinha duas festas para ir, em horarios diferentes, o que me permitiu comparecer nas duas. A primeira, na loja Harem, com danca do ventre e tudo. E depois um bar onde toca musica brasileira de boa qualidade.


A loja Harem fica na rua da minha escola de Ingles e tinha sido recomendada a mim por um amigo. Pela minha descendencia fica implicito que eu me identificaria com uma loja de motivos arabes. A dona da loja e' uma italiana, Victoria, muito carismatica, que tambem e' professora de danca do ventre. Esta' sempre alegre, sorrindo, e foi assim que me recebeu logo no primeiro dia. Fez uma serie de elogios, adorou meu vestido e em poucos minutos ja pareciamos intimas. Ela me convidou para a festa naquele dia mesmo, mas antes disso ainda voltei algumas vezes em sua loja, o que so fez estreitar nossos lacos.

(A foto foi tirada no final da festa)

Ela adorou uma pulseira minha, logo no primeiro dia que visitei a loja. E eu, na segunda vez que estive la gostei de uma pulseira que estava sobre o balcao com varios pedacinhos de espelho colados no aro. Quando perguntei o preco vi que no braco dela tinham outras iguais e ela me contou que aquela tambem era dela, que tinha acabado de tirar do braco, mas que mesmo assim me venderia. Fiquei feliz porque era a pulseira que mais tinha gostado, mas ao mesmo tempo fiquei sem graca de pedir se ela me venderia as outras tambem. Porque eu queria mais de uma...

No final da festa eu ja tinha comprado uma bracelete de guizos, entre outras coisas que comprei cada vez que visitei a loja quando Victoria, com todas aquelas pulseiras que amei tirou uma das maos e me deu. Fiquei ate' na duvida e confirmei se era um presente. Eu a agradeci com um abraco. Quando olhei para o meu pulso e vi nele a pulseira que ela tinha tanto gostado desde o primeiro dia nao pensei duas vezes. Tirei e dei a ela. Em geral, infelizmente, sou bastante apegada com minhas coisas, me deu uma sensacao boa, de liberdade e alegria, me desfazer de algo que gosto para presentear alguem que tinha sido tao doce comigo. Que inclusive tinha ate' adivinhado o meu desejo de ter mais uma pulseira daquelas.

(A pulseira que ganhei de Victoria nao aparece na foto, apenas o bracelete de guizos, mas a que dei a ela e' a que esta no meu pulso, a primeira, preta com contas prateadas. Se desejar e' possivel ampliar a foto clicando nela)

26 de jun de 2009

Michael Jackson

Nao da para ignorar simplesmente...
Ontem eu estava passeando entre uma rua e outra quando consegui falar por radio com minha irma, Andreza Ahmad , que esta em Los Angeles. Ela me passou a noticia da morte de Michael Jackson. Eu estava a caminho de um brecho para comprar uns brincos que minha mae pediu de presente. Assim que entrei ouvi a mesma noticia pela radio e comentei com a vendedora "Muito triste perdermos Michael". Um homem ao meu lado perguntou "Como assim? Nao sabia..."
Falei que quando uma pessoa e' famosa demais e' quase como se pertencesse a familia de todo mundo. A gente se acostuma com essa convivencia, via foto, via TV, via internet, via qualquer midia. Parece que Michael Jackson estava muito proximo. O homem respondeu que muitos de nos crescemos ouvindo suas musicas. Nao fui exatamente fa do Michael. Talvez eu me identificasse mais com a Madonna, que na epoca eu considerava uma estrela de brilho similar, so que mulher. Aos poucos as carreiras dos dois foram seguindo rumos diferentes. Madonna continuou se destacando por seu profissionalismo e pelas jogadas de marketing que a consagraram e a fizeram atravessar o tempo. Enquanto isso Michael teve a propria personalidade submersa e obscura, escondida em diversos escandalos e polemicas que impediam ate' mesmo seus fas de compreenderam afinal quem realmente ele era. Seja la quem fosse Michael Jackson de perto, seja la a repudia que seu rosto passou a causar depois de tantas plasticas, modificacoes, transformacoes, eu sempre consegui enxergar no homem o menino, a voz quase infantil e fragil que dizia mais em seu timbre que em suas as letras a solidao que so encontrava refugio na amizade das criancas.

Se ele fosse normal talvez estivesse aqui escrevendo este texto. Se ele fosse normal este texto nao seria sobre ele. E' porque me tocou, assim como tocou quase toda a humanidade que este artista sera lembrado vivo. Ainda que a vida nao esteja mais nele, ele continua na vida.

Nao encontrei um video melhor em que estivesse cantando esta cancao do Jackson's Five. A primeira musica do Medley e' especial para mim e eu nem sei dizer porque. Simplesmente gosto, traz uma alegria, como ele merece ser lembrado:



Queria estar la:

Ensaio e divulgacao de musica brasileira

Na terca-feira (23/06/2009) acompanhei o ensaio da banda de musica brasileira pela segunda vez. Foi na casa do Michel e da Jessica. O Michel toca trompete na banda e tem dois filhos lindos que eu adoro! Ja coloquei foto da menina aqui.

Aqui eu e Jessica:


Aqui eu e Marquez (que tem esse nome em homenagem ao escritor Gabriel Garcia Marquez) fazendo careta:


Foi o derradeiro ensaio antes do show, que vai ser no domingo, dia 28. Muitas musicas do Jorge Ben Jor, tem tambem "Toneladas de Desejo" de Carlinhos Brown, "Sandalia de Prata", o repertorio e' animado, dancante. Acho que vai ser realmente incrivel!

Ontem fui jantar na University Way, em um restaurante indiano, aproveitei para "panfletar". Estou ajudando na divulgacao do show. Afinal quero que os americanos conhecam um pouco da nossa musica. Toda loja que entro aproveito para perguntar: "Voce gosta de musica brasileira?" Muita gente nem conhece, outros ja respondem que adoram. Seja qual for a resposta eu ja emendo falando sobre o show e peco para pendurarem um cartaz de divulgacao no local. Para completar ontem fiz algo diferente que talvez ficasse um pouco timida de fazer no Brasil. Faltava um ultimo cartaz para ser fixado em algum lugar, quando passei por um restaurante todo de vidro encostei o cartaz e fiquei segurando, esperando as pessoas olharem para mim e lerem o que estava escrito. O pessoal das mesas ficou rindo, de mim provavelmente... Quando me virei para ir embora um rapaz, funcionario do restaurante, veio me pedir para nao incomodar as pessoas que estavam comendo. Fiquei suuuper sem graca, na verdade nao achei que fazer as pessoas rirem da minha cara pudesse gerar algum constrangimento a alguem alem de mim, mas tudo bem. Ele achou que fosse alguma causa politica, quando viu do que se tratava ate' aceitou fixar o cartaz dentro do restaurante. Missao comprida, missao cumprida! Fui embora rindo. E' libertador nao se importar muito com o que as pessoas vao pensar. Aqui eu nao tenho uma imagem a manter. Ninguem tem imagem minha nenhuma... "Imagens" sao prisoes cujos carcereiros somos nos mesmos.

Caminhando por Quenn Anne

Desde segunda meus dias por aqui foram mais pacatos...
Fiz caminhadas por Quenn Anne (o bairro onde estou "morando") fotografei flores e casas.







24 de jun de 2009

O deserto e' belo porque esconde um oasis

"Acreditamos na realidade e talvez seja so um sonho e deixamos de acreditar no sonho e talvez seja a realidade..."

Quando escrevi essa frase, ha' 5 anos, acho, eu sonhava com uma realidade distante. Era so' um sonho... Embora me parecesse muito real. Nao so' me parecia real como me parecia provavel, e ate' mesmo inevitavel.

Quando olhava o mundo a minha volta parecia que algo estava errado. Faltava alguma coisa. Como se estivesse fora de foco. E a realidade ao meu redor me parecia onirica, surreal, improvavel. Notei, entao, que a logica do meu sentimento nao seguia a logica do mundo, ou a logica daquilo que as pessoas chamam de "real", de "realidade". Mesmo assim por algum motivo oculto eu seguia acreditando na logica do meu sentimento, totalmente ilogica, talvez, mas que o tempo ajudou a dar-lhe um sentido.

Quando escrevi a frase a escrevi para alguem. Nao disse porque, nao disse o que aquelas palavras diziam nos espacos vazios entre uma letra e outra. Era alguem que me provocava. Teimava em me dizer que aquele sonho diante do meu olhar era miragem. Pois sao justamente as miragens que fazem os desertos serem belos. Saint-Exupery dizia que todo deserto e' bonito porque esconde um oasis. E como poetisa que sou eu jamais via o deserto. Poeta e' aquele que olha uma coisa e ve outra (segundo Rubem Alves). Eu olhava o deserto, descampado, seco, ate' mesmo triste, e nele eu enxergava o esguichar da agua translucida e gelada saindo de fontes submersas ou banhando a areia em forma de cascatas. Eu olhava o deserto e via o oasis. Entretanto quem apenas ve o oasis nao pode banhar-se em suas aguas, nao pode beber de sua fonte... Eu apenas via, sedenta e calorosa. Jamais deixei de acreditar no oasis, jamais deixei de acreditar no sonho, entretanto caminhar na realidade, assim como caminhar no deserto e' cansativo. As vezes ate' me esquecia que o sonho existia, que o oasis estava somente escondido e continuava oferecendo o misterio de sua beleza ate' mesmo para quem so podia imagina-lo, ainda que o tivesse esquecido.

Assim como na frase eu ja estava deixando de acreditar no sonho. Ate' que descobri: e' a realidade!

Sonho e Realidade, Realidade e Sonho

Acreditamos na realidade e talvez seja so um sonho
E deixamos de acreditar no sonho,
E talvez seja a realidade.

Olha o que o Iphone e' capaz de fazer!

No churrasco que fui no sabado fiquei impressionada com essa ferramenta do Iphone. Ele se transforma ate' em instrumento musical. Ele estava assoprando e tocando as notas com os dedos no teclado virtual. Incrivel!

video

Sem inspiracao...

As vezes eu simplesmente acordo sem muita inspiracao para escrever...

23 de jun de 2009

FLIP em Paraty

Paraty e' uma cidade linda! Ja fui varias vezes e fiquei andando por aquelas ruas de pedras em que era dificil me equilibrar. Parei para comer, tomar cafe, tomar sorvete, olhar ou comprar... Parecia que tinha viajado no tempo e voltado decadas e decadas para parar naquele lugar. Essas foram algumas sensacoes que tive na cidade.

Infelizmente estar em Paraty na epoca da FLIP nao passou da vontade. Agora em julho vou perder de novo. Desta vez o festival de literatura tera como homenageado Manuel Bandeira. Para quem nao sabe a FLIP acontece uma vez por ano em Paraty, sempre em julho, e trata-se de um evento de palestras, foruns de discussao, shows, tudo com incriveis presencas de autores do mundo todo.

Este ano ate' Chico Buarque participara' de uma das mesas de discussao.
Para seguir pelo Twitter clique aqui e para acessar o blog do evento aqui.

Bombons no metro

Ontem viajando de blog em blog, de twitter em twitter, eis que encontro esta perola.

Tem pensamentos que vao diretamente de encontro aos meus.

Quer saber? Adoraria distribuir bombons no metro... Entenda aqui!

Dreamgirl - Garota dos sonhos

Queria ser sua dreamgirl...

Parace que dormi entre lavandas e acordei com voce
Mas nao consegui roubar-te aquele beijo em sonho
(no passado... acho que estava sonhando)
E so na realidade ele p^ode acontecer...

A imagem, a letra e a musica era mais ou menos essa:


Eu ouvia enquanto dormia,
E via enquanto sonhava
No sonho nao e' preciso sentido
Embora tudo tenha signicado
Nada esta' ali por acaso
Exceto voce e eu
Mas ficamos ali por escolha...
No sonho e na realidade
De dois corpos nus...
Quem sabe (em sonho) criemos
Um mundo novo
Onde habitaremos...
...Uma realidade nova
E, enfim, acordaremos!
(Entre lavandas e devaneios...)

Um oizinho - por Andreza Ahmad



Esta e' minha irma, Andreza Ahmad. Sobre ela ja escrevi outras vezes, como aqui.

Por sugestao minha ela esta escrevendo um blog.
La ela vai contar tudo que tem passado longe da familia e do Brasil, em Los Angeles. A distancia de todos tem um motivo que envolve decisoes tomadas pelo sentimento. Se resolver ler o que ela escreve ira saber.

E' so' clicar:
Um oizinho - por Andreza Ahmad

22 de jun de 2009

Chuva de girinos

Parece noticia de dia primeiro de abril...
Como assim choveu girino? O mais proximo que tinha visto disso foi a chuva de sapos no final do filme Magnolia.

Fiquei sabendo atraves do Twitter

Brecho e lembrancas da infancia

Em uma das minhas caminhadas por Capitol Hill encontrei esse brecho:



Nas roupas e acessorios nao e' o meu preferido mas o que me chamou a atencao foi um cenario que eles montaram dentro da loja cheio de referencias feminas bem kitch:







E ali, em meio a todos aqueles detalhes eis que encontrei o elo perdido, a razao desconhecida por eu gostar tanto de moda, roupas, acessorios... Esse brinquedo e' o culpado! Eu nem me lembrava dele direito e para ser sincera a minha memoria sobre ele ainda esta dificil de acessar. Lembro que eu tinha esse brinquedo. Dava para montar varios figurinos (producoes) diferentes, depois ainda era possivel colocar um papel sobre o alto relevo e colorir a figura. Uma delicia! Se quiser entender tera que clicar na foto para amplia-la e ver os detalhes.



La aproveitei para fazer essas fotos especialmente para minha mae que ama brincos. Quem sabe ela se interessa por algum desses modelos vintage:




Floresta no banheiro

Se voce esta me acompanhando na viagem ha algum tempo talvez se lembre do restaurante tailandes que me indicaram. Almocei la duas vezes.
Quando pedi para usar o banheiro do restaurante eu fiquei tao impressionada ao me deparar com uma "floresta" que achei que merecia uma foto:



Para completar era possivel ouvir uma musiquinha com som de passaros e uma cachoeira ao fundo...

Russa danca musica brasileira

No sabado a noite aconteceu uma coisa fantastica.
Fui convidada para um churrasco e a dona da casa e' russa. Assim que soube que sou brasileira ela quis me mostrar a musica preferida que ela ouvia quando ainda morava na Russia. Adivinha qual era? Coloquei o video aqui:


Da mesma forma ela abriu o video e comecou a dancar. Ela ja estava animada por algo que tinha bebido, eu que sou animada por natureza e alem de tudo brasileira a acompanhei, logico. Veja as fotos:





Alem disso ela me mostrou um video de outra musica brasileira que ela gosta e que eu nem conhecia. Esse aqui:

21 de jun de 2009

Para nao dizer que nao tirei das flores...


Na volta da parada (leia posts abaixo) parei para tirar foto na ponte e perto das flores. Meu pai sempre diz que ha flores que abrem so' para nos verem passar. Mas quando vi estas, tao lindas e singelas, lembrei de um pedido recorrente da minha mae. Sempre que viajo ela me pede para tirar foto perto de flores:

Refazendo

O post abaixo eu tive que refazer varias vezes para incluir mais fotos e os dois videos que consegui postar. Veja se voce nao perdeu nada:

Solsticio

Acontece duas vezes por ano. O Solsticio representa o momento em que o Sol atinge a maior declinacao em latidude, de acordo com a linha do Equador, e provoca assim o dia mais longo do ano, com mais horas de claridade, ou a noite mais longa. Quando acontece no hemisferio norte o dia mais longo, no hemisferio sul acontece de forma inversa, a noite mais longa. E vice-versa. Aqui o Sol, a claridade, a luz, sao raros. Dao o ar da graca por curto espaco de tempo. Talvez apenas por 3 meses no ano. Todos estao acostumados com chuva, ceu nublado, frio e escuridao. Justamente agora que estou aqui eh como se tivesse trazido o Sol do Brasil. Ontem foi o solsticio de verao. O dia mais claro do ano aqui. Por causa disso os americanos comemoram com uma parada. E' um desfile que poderia ser comparado ao desfile de carnaval do nosso pais, so que com muito menos luxo. As pessoas se fantasiam e desfilam em alas, cada um mostrando sua arte, danca, musica, evoluacao. O inicio foi parecido com uma escola de samba, inclusive. Olhe a foto: Ate' as criancas participam: Ha tambem representacoes de figuras mitologicas, de elementos da natureza, como a terra, a agua... Adorei um fauno. Veja as fotos abaixo: E o desfile terminou justamente com uma ala que simulava um trio eletrico tocando musica brasileira (veja o video). Foi ovacionado pelo publico. Eu apareco no video mas nao da para ouvir o que falo. Estava dizendo que ate' aqui tem trio eletrico, musica brasileira e um pouco do nosso pais sendo bem representado.
video Outra coisa interessante e' a abertura da parada. Ja' e' tradicao o desfile de ciclistas nus (veja a fotos, se quiser ampliar e' so' clicar na foto). Alguns pintam o corpo, usam acessorios que lembram uma fantasia, mas estao nus, na grande maioria. Um ou outro cobre alguma parte do corpo. Alguns desfilam de patins, ate' de skates, mas quase todos, homens, mulheres, pessoas de todas as idades seguem nus em suas bicicletas. Achei fantastico!
video
Esse video nao foi o melhor que consegui pegar, mas o outro mais longo nao consegui colocar no blog. Nesse momento tem menos ciclistas passando. Mas da para imaginar como foi.

Ithaca

A Odisseia e' um dos principais poemas epicos da Grecia Antiga, atribuidos a Homero. Seria uma continuacao de Iliada, tambem atribuido a ele. Relata a volta do heroi grego Odisseu (ou Ulisses, como ficou conhecido pela mitologia romana) a sua terra natal Itaca, para finalmente reencontrar sua esposa Penelope e seu filho Telemaco, apos 10 anos que sao o tempo da viagem, sem contar outros 10 anos, que teriam durado a Guerra de Troia que antecedeu sua volta. O video tem a voz de Sean Connery recitando as palavras escritas por Constantine Cavafy acerca da Odisseia de Homero. Imperdivel!

Palido Ponto Azul

Carl Sagan foi um cientista, astronomo, autor de diversos livros. Neste video ele narra um trecho de seu livro Palido Ponto Azul. Gostaria muito de compartilhar com voce que me visita:

20 de jun de 2009

Gosto

Se vejo borboletas
Quando voce sorri
E' porque o amor voltou
E pousou aqui.

Com suas asas
Que fazem sombra no medo
Com sua luz e brilho
Para os quais nunca e' cedo

Entao vejo olhos de jaboticaba
E vou morder as macas vermelhas do seu rosto
Porque esse seu cheiro que nao acaba
Faz ampliar mais e mais seu gosto...

Musica da vida

Precioso e' voce
Com olhos de gato
Que preenchem o meu entardecer

Vem com seus assovios
E cantos, com toques
Que o ouvido nao sabe reconhecer

Precioso e' seu tempo
A musica da vida,
A sonoridade infinita,
Entoou pra voce.

Com melodias
E acordes
Que somente em sua voz
Podem sobreviver

A musica da vida entoou para voce

Parece que depois disso
Voce esqueceu de viver...

Mas foi a vida que ficou bela
Quando os acordes criaram vida alem dela
Pelas maos e toques e voz
Que so em voce podem sobreviver.

E mesmo sabendo que a musica poderia existir
Com voce ou sem,
E' porque voce vive
Que a musica da vida vive tambem

Espera

Esperar nunca e' espera, porque enquanto se espera por algo outra coisa acontece. A vida nao para!

O que e' belo

Para quem ama tudo e' belo, para quem nao ama nada e' belo...

O que tenho feito

Vou tentar lembrar como foram os dias que passaram...
Na quinta-feira fui convidada para jantar na casa de um casal de americanos que na veradade nao sao mais um casal. Eles separaram recentemente mas mantem um bom relacionamento de amizade. O filho deles eh um pouco mais velho que eu. A casa tem uma grande area verde no fundo, eh um lugar bem agradavel, espacoso. A alimentacao deles eh ultra-saudavel. Comemos quase que so salada e legumes. Mas tudo bem temperado e gostoso. Comprei sorvete para a sobremesa (uma forma de compensar a economia de calorias). Gostei muito da conversa, sao pessoas interessantes!

Saindo de lah lembrei que tinha ouvido falar sobre a noite de musica brasileira as quintas. Resolvi dar uma passada. Foi bom ouvir e dancar musica brasileira. Alem de conhecer e conversar com alguns brasileiros.

Sexta (19/06/2009)
Foi o final de um ciclo no curso de ingles.
Demos uma olhada na prova feita no dia anterior. Depois ficamos jugando um jogo de tabuleiro que um dos meus colegas levou para a aula. Era uma especie de Banco Imobiliario. Ficamos tao entretidos que nem fizemos o intervalo. A tarde iria acontecer um churrasco no parque para comemorar a mudanca de ciclo, mas como o tempo amanheceu chuvoso foi cancelado. Ao inves disso, o Peter, dono da escola de lingua inglesa, ofereceu uma pizzada. Recebi meu certificado e fui apelidada de Fashion Queen por uma das professoras. Fiquei toda me achando.

A tarde aproveitei cada pedacinho do bairro, andei ate pelo supermercado, visitei o sapateiro que arrumou minha mochila e depois meu cinto, visitei a loja de inspiracao arabe, , acabei comprando justo as pulseiras que a dona da loja estava usando. Ela tirou e deixou no balcao e nem tinha notado que eram dela, assim que pedi o preco ela me avisou que eram dela mas que mesmo assim ela me vendia.

Conversei com a Renata da Rocha, minha amiga, pelo nextel. Com a Andreza Ahmad, minha irma e fiquei fazendo uma horinha no Starbucks vendo os americanos passarem, conversarem, estacionarem, etc.

Ja mencionei o aniversario que fui a noite... Por enquanto eh isso

Liberdade

Faz pouco tempo que estou aqui(duas semanas e alguns dias), mesmo assim eu ateh que tenho tido eventos, lugares para ir, companhia... Acabei de voltar de um aniversario. Foi em um karaoke no International District. Parecia um restaurante japones da Liberdade, alias o bairro lembra bastante essa regiao de Sao Paulo.

Estou com sono, embora tenha mais a contar. Mais uma vez vou adiar um pouco.

19 de jun de 2009

Um pouco de samba

Acabei de chegar de um bar que toca musica brasileira (com musicos brasileiros). Conversei com gente do meu pais. Foi muito bom! Sambei um pouco... Adoro dancar!
Amanha conto mais novidades. Ja esta tarde...

18 de jun de 2009

Explorando o bairro

Ja devo ter contado por aqui que o bairro onde fica a minha escola de ingles eh um lugar onde frequentam os modernos, gays, etc. A avenida eh movimentada repleta de barzinhos, restaurantes, muitos dos quais asiaticos. Ha tambem os cafes, as lojas de novos estilistas, os brechos onde a cada dia encontro coisas novas e baratas, e perco tambem (porque se nao comprar na hora as pecas sao unicas).

Adoro andar pelo bairro procurando focos para onde ainda nao olhei... Na segunda, dia 15 de junho, resolvi almocar em um restaurante vegetariano tailandes que ainda nao tinha ido. Fica um pouco mais longe de onde estava acostumada a andar. Foi uma indicacao entao achei que valesse a pena experimentar. De fato valeu. Durante o caminho aproveitei para fazer ligacoes para a familia, via nextel. Consegui falar rapidamente com minha irma.

Almocar sozinha
Almocar sozinha tem sido um prazer para mim. Nao que eu dispense boas companhias mas eh gostoso tambem estar soh. Quando tem alguem por perto eh como se eu estivesse o tempo todo distraida com a pessoa e nao observasse muito a vida que acontece em volta. Tem um outro prazer quando almoco como o meu silencio. Embora neste dia eu tenha almocado conversando com minha amiga Renata da Rocha nao deixou de ser otimo estar sozinha e de certa forma em boa companhia. Colocamos os assuntos em dia. Escolhi uma salada com pedacos de frango empanado e molho agridoce com nozes. Uma delicia!

Ali bem perto aproveitei para olhar uma livraria bem grande com otimos precos. Logo na entrada vi rapidamente os cadernos de capa dura e paginas de papel reciclado, que adoro. Desci um andar e fui ateh a sessao de "poetry". Infelizmente ainda nao me adaptei a ler poesias em ingles. Fiquei folheanso alguns livros mas nada me chamou a atencao no conteudo. Pena!

Subi novamente para o andar terreo e fiquei algum tempo olhando os belos cadernos de diversos tamanhos e tipos, que da vontade de comprar um de cada e escrever em todos freneticamente. Na comprei nenhum. A escolhe certa, porque ja tenho varios no mesmo estilo e pouco tempo para preenche-los.

No caminho da volta lembrei que antes da aula tinha deixado minha mochila para arrumar na galeria em frente a escola. Descosturou um pequeno pedaco...

Terca-feira, 16 de junho de 2009
Na terca almocei no mesmo restaurante pedi outro prato, estava um bocado picante. Dessa vez comi sozinha, sem nem mesmo uma voz ao telefone de acompanhamento. Nao, minto, durante o caminho estava conversando com inha mae. ela me pediu fotos de brincos e bolsas para decidir se vai querer que eu leve algo de presente. se nao for dessa forma por mais certeza que eu tenha que ela vai gostar de algo acaba sempre nao usando. Quando sentei na mesa do restaurante falei rapidamente com meu pai. No Brasil ja era fim de tarde e ele estava de saida para uma reuniao. Gostei de ouvir a voz dos meus mentores com a alegria que eles merecem sentir e que contagia a minha alma tambem.

Estava planejando desde segunda uma visita a uma loja chamada Harem, que fica na direcao inversa a que costumo caminhar. Percebi que nao daria tempo de novo de ir ateh la. Na verdade eu tinha ateh passado por esta loja na segunda antes da aula, mas estava fechada. Notei que tinha artigos de inspiracao arabe. Achei que fosse valer a visita. Como ja vi que nao daria tempo fiquei me distraindo um pouco em uma loja de artigos usados toda charmosa que fica bem proxima ao restaurante. Tirei fotos de alguns brincos antigos para mostrar para minha mae. Quem sabe ela se interessa por algum...

17 de jun de 2009

Nao pensar

Estivemos juntos o suficiente para nos falarmos em silencio (ou em palavras) que foram apenas escritas na superficie do ar.

Tenho tido inspiracao e muito tempo para viver o que me inspira, entretanto pouco tempo para registrar(escrever)... Tao melhor eh viver que escrever, tao melhor eh viver que pensar. O pensamento as vezes aprisiona as horas e impede o olhar, o sentir, o tocar, com a intensidade de todos os sentidos.

Alvaro de Campos, um dos heteronimos de Fernando Pessoa, bem se expressou sobre os sentidos, sobre o nao pensar. Como neste trecho:

"Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender…

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo…"

Grata

Hoje recebi um comentario todo especial no blog. Alias todos sao especiais, eh que dessa vez me enviaram a copia de uma coluna publicada dia 16 de junho no Jornal Correio da Paraiba. Infelizmente nao tenho como agradecer ao autor, nem mesmo confirmar a publicacao. O interessante eh imaginar que nunca o alcance da palavra eh sempre muito maior que o alcance dos meus dedos. Minhas palavras atravessam distancias e chagam a lugares que eu nunca vou chegar... Vou colar o texto aqui para compartilhar com voce que esta visitando meu blog agora:

CRÔNICA PUBLICADDA EM 16/06/2009 - NA PAGINA DE FORMAÇÃO DE OPINIÃO DO JORNAL CORREIO DA PARAIBA, PELO CRONISTA.

Felizardo de Moura Jansen

Literais beijos de luz

Outro dia, li um desabafo corajoso de uma jovem poetisa do sul do país, o qual me chamou a atenção pelas literais verdades espargidas e pela forma concisa, veraz e precisa, que uma linda mulher de nome Aline Ahmad, falou com destemor: “As coisas para mim sempre vieram fácil. Mas nem sempre é fácil quando tudo vem fácil. As pessoas esperam mais da gente e estamos menos preparados”. Na continuação, ela argumenta: “Quando as coisas vêm difíceis as dificuldades nos preparam, mas quando tudo vem fácil olham para nós como se já soubéssemos, como se já tivéssemos aprendido, sendo que há coisas que só a dificuldade e o tempo ensinam”. Conclui dizendo: “Carrego esse peso, de não ter sofrido tudo que deveria, ou poderia. De sofrer o preconceito por não ter sofrido. De ser vista como fraca, frágil e incapaz só porque a vida ainda não testou a minha força”.
Diante do que lemos, ou melhor, do desprendimento e da apurada sensibilidade das verdades espargidas no blog da escritora de sedutores traços árabes e na sintonia das radiações mentais que neste instante me fazem lembrar o mestre Chico Xavier ao pisicografar sábias palavras, literais beijos de luz, numa de suas inúmeras obras, ao dizer: “Falar é facil... Dificil é expressar o que realmente sentimos! Julgar é fácil... Difícil é julgarmos a nós mesmos. Ferir é fácil... Difícil é tentar curar esta ferida. Sonhar é fácil... Difícil é lutar por um sonho. Exibir a vitória é fácil... Difícil é assumir a derrota”.
Assim, perante do pisicografado pelo grande médium do Espiritismo Brasileiro, o mestre Chico Xavier, doado do Brasil para o resto mundo, não podemos deixar de acordar com os ditos do grande espírita e, também, com o desabafo da jovem escritora Aline Ahmad. Ambos os textos liberam verdades humanas de grande bom senso, em edificantes e exortadoras palavras de consolação moral e espiritual. Entretanto, é bom esclarecermos, resumidamente, que a nossa fé Cristã é alicerçada na Palavra de Deus (Bíblia) e, de modo bem peculiar, não radicalizamos essas coisas do espírito, à vista de não desprezarmos palavras, que nos tocam n’alma como beijos de luz, a exemplo das palavras do mestre Chico Xavier e da bela poetisa Aline Ahmad.

*Felizardo de Moura Jansen é Advogado e colaborador da pagina de Opinião do jornal Correio da Paraíba.


O post ao que ele se refere eh este: http://beijosdeluz.blogspot.com/2008/04/o-que-fcil.html

16 de jun de 2009

Pequena princesa, raio de sol


Ontem foi a segunda vez que fui convidada para jantar na casa de um casal de amigos que conheci aqui. A foto eh da semana passada e estou ao lado da filha deles de um ano. Simplesmente sou apaixonada por ela, e melhor, sou correspondida. Ela sorri sempre que me ve, me abraca e fica no meu colo rindo quase o tempo todo. Eu que amo crianca, imagine se nao gosto!?


Na outra foto ela esta tomando sorvete no colo da mae, toda lambuzada. Espero que voce, enquanto le este post, tambem sinta por esse rosto lindo de crianca a mesma paz e enternecimento que eu sinto...

(Eles tambem tem um outro filho de 4 anos que eh um encanto. Na primeira vez ele estava mais introspectivo mas ontem vez ele tambem foi muito doce comigo)

Salada by Aline



Como disse eu precisava tirar uma foto. Do contrario meus amigos nao acreditariam. Essa foi a salada que eu mesma fiz, com folhas verdes, kani, frutas e molho de laranja com gengibre (que eu mesma inventei, inclusive)

Tem uma variacao dela com molho de mostarda e mel que tambem fica uma delicia!

Se eu continuar nesse ritmo logo mais estarei colocando receitas aqui... risos

Por enquanto estou me especializando na cozinha crua, para evitar desastres.

14 de jun de 2009

Public Market e os Peixes Voadores


Ontem a tarde visitei o Public Market de Seattle. Seria mais ou menos como o Mercadao de Sao Paulo. Alem de comidas, flores, tem uma feira de artesanato e a famosa peixaria em que os vendedores alem de vender se apresentam como verdadeiros artistas, arremessam os peixes, brincam com as pessoas. La eh provavelmente a unica peixaria do mundo que vende peixes voadores.

Adoro pessoas que recriam suas atividades fazendo-as mais alegres e prazerosas para si mesmas e para os outros.

Para conhecer do que se trata clique aqui.

Para ver os peixes que voam:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...