Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

30 de mai de 2008

Encontros Mágicos

Tive alguns encontros mágicos na vida. Nem sempre encontros mágicos se tornam relacionamentos. São mágicos justamente por aquela penumbra do que poderia ser e não foi, ou não será. Ficam só os retratos não tirados, o desejo não realizado, a vontade não consumada. O poeta Manoel de Barros diz que o que não existe é mais bonito. Fica só aquele sonho, encantado, imaculado, mágico!

Uma vez li pela internet uma cena do seriado Dawson's Creek que jamais esqueci. Esse é um asssunto que me fascina. Por isso o diálogo se manteve em minha memória. "O que a memória amou fica eterno", diz a poetisa Adélia Prado. E assim aconteceu. A cena é um diálogo da personagem Joey com seu professor. Infelizmente só a encontrei em Inglês:

"Joey: So what is the best ending in all of literature? Don't say Ulysses. Everyone says Ulysses. Professor David Wilder: That's easy. Sentimental education by Flaubert.
Joey: And what happens?
Professor David Wilder: Nothing, really. Just two old friends sitting around remembering the best thing that never happened to them.
Joey: How do you remember something that never happened?
Professor David Wilder: Fondly. You see, Flaubert believed that anticipation was the purest form of pleasure... and the most reliable. And that while the things that actually happen to you would invariable disappoint, the things that never happened to you would never dim. Never fade. They would always be engraved in your heart with a sort of sweet sadness. "

(link: "Dawson's Creek" In a Lonely Place (2002)- )

Em minha palavras
No diálogo Joey pergunta ao seu professor qual o mais belo final da literatura e pede para que ele não responda Ulisses, porque todo mundo diz Ulisses. Ele responde "A educação sentimental", de Flaubert. Porque Flaubert acreditava que antecipar a realidade era a mais pura forma de prazer, afinal aquilo que realmente acontece, invariavelmente pode decepcionar, enquanto que o que nunca aconteceu só pode ficar gravado no coração envolto com uma tristeza extremamente doce.

Amor à última vista
Quantas vezes um olhar nos chama a atenção na multidão? Um olhar que nunca veremos novamente, um amar que nunca realizaremos, um nome que nunca chamaremos. Como na música de James Blunt tocada exaustivamente nas rádios: YOU'RE BEAUTIFUL (TRADUÇÃO) letra (James Blunt)

Comigo esse amor à última vista aconteceu. Não se consumou, nunca mais vi aquele rosto.

Encontros
Mas os encontros mágicos que tive foram marcados antecipadamente. Embora não tenham sido inesperados as emoções que despertaram foram inesperadas para ambos. Falarei mais sobre isso.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...