Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

25 de mar de 2008

Carta a D.


Sou feita de tantas controvérsias, de tantas incertezas, de tantas dúvidas...

Parece que nada está pronto, concluso, eterno, além do amor que guardo no peito.

Hoje finalizei minha leitura de André Gorz (vide este post: http://beijosdeluz.blogspot.com/2008/03/conhece-andr-gorz.html ) com lágrimas nos olhos. "Carta a D. - História de um amor" foi um livro que por muitas vezes deixou-me sem ar. Gorz em sua incessante busca de si mesmo era um existencialista me descrevendo um processo quase "nietzschiniano" (acabei de inventar o termo que suponho não existir para me referir ao grande filósofo Nietzsche). Contar uma vida sob a perspectiva da morte, com tudo alicerçado em um amor louco, insano, verdadeiro e completo, por uma mulher ainda mais repleta de qualidades talvez tenha sido a grande missão deste homem. Sei que estou sendo simplista em um julgamento sobre algo que desconheço. A vida dele é célebre, a vida dela também. Que belo livro, do qual palavras me faltam!!
Na foto capturada na internet em algum lugar do qual não me recordo André Gorz está ao lado da amada Dorine, com quem conviveu até o fim de seus dias.

Escontrei-me muitas vezes durante as palavras do livro, revi meus amores e os sentimentos que diferem maturidade e sabedoria de jovialidade.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...