Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

15 de dez de 2009

Entre a saudade e a beleza

Eu não me pareço em nada com alguém que perdeu o pai.
Eu ganhei um pai, por trinta anos.
Lágrimas correm só de saudade, não de dor.
Só de emoção, não de sofrimento.
Impressiona-me notar o quanto ele é amado, admirado.
Entre a saudade e a beleza eu moro. Vivo feliz!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...