Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

5 de nov de 2008

Essência

Nem todos aceitam que um relacionamento estabelecido além das diferenças triunfe.
É como se esperassem o momento do cena - fatalmente, há de chegar esse momento, pensam - em que a máscara de um dos dois irá cair.
Só que algumas pessoas não usam máscaras. Provavelmente porque foram se desvincilhando de acessórios. Isso representa atingir a maturidade e reconhecer a si mesmo hoje mais que ontem.
Sim, ninguém é o mesmo. Com o tempo não forjamos uma máscara. Ao contrário, os anos são a ferramenta com a qual lapidamos o nosso próprio rosto. Aquele real e verdadeiro, cujo qual escondemos por insegurança ou por medo de mostrar quem somos. Ou que ocultamos pela inocência de, sinceramente, não saber o que mostrar e até mesmo de não reconhecer-se.

O tempo vai moldando. Ficamos mais calejados, experientes. Já sabemos o valor da verdade, um preço muito mais digno a pagar para sermos felizes. Temos posse do prejuízo da mentira, da inverdade. Para quê? Nunca vale a pena.

As pessoas julgam aparências, superficialidades. Podem até ser diferenças que ficam evidentes. Esquecem-se que um relacionamento se constrói com base na essência que cada um carrega. A essência é que sustenta os laços mais profundos e indeléveis. Está além de qualquer diferença perceptível aos olhos. "O essencial é invisível". Só dentro de um relacionamento "se vê bem com o coração". Só agora compreendo. A maturidade me permite.

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito profundo: a essência é que sustenta...! E que interessante o clima que a escolha de Obama nos trouxe! Tenhamos esperança mesmo!
Abraços,
Cláudia

Fabiana disse...

Nooooossa Aline, muito lindo o que você escreveu. Sempre tiro algum aprendizado do que você escreve.

Você é linda por dentro e por fora.

Beijos de luz, como você sempre manda.

Aline Ahmad disse...

Muito obrigada Cláudia e Fabiana por me escreverem e me deixarem feliz com seus comentários.
Beijos de luz,
Aline***

Altri discorsi disse...

Essenza e fenomeno

Opposta al concetto di fenomeno, inteso come apparenza, la parola essenza è venuta assumendo anche il significato di 'essere in sé' di una determinata cosa, nel senso della natura profonda (talvolta intesa come inconoscibile), a prescindere dal suo apparire e manifestarsi. L'intento del filosofo idealista Hegel fu di dimostrare nella sua Logica, in polemica con la dottrina kantiana della 'cosa in sé', che l'essenza necessariamente si manifesta e il fenomeno è l'apparire dell'essenza

Donato

Lisandra disse...

Aline, como todos dizem você transmite tanta verdade nas suas escritas, poemas e poesias que sempre quando terminados a leitura, algo serviu com certeza para nosso crescimento espiritual.
Obrigada por ser tão especial na vida de tantas pessoas!
Beijinhos Lisandra Diminchuc

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...