Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

20 de nov de 2008

Ser feliz

Acabei de voltar de uma corrida leve com minha irmã (Andreza Ahmad) e minha amiga (Renata da Rocha). Tá bom, vai. Leve só para mim. Elas pegaram mais pesado.
Depois tomando uma água de coco, nesse dia lindo. A Rê me contou um comentário que uma amiga sempre fazia:

"Felicidade é isso, conversar com os amigos, viver esse instante, nada além disso. Isso qu eé ser feliz. As pessoas ficam idealizando a felicidade, mas felicidade é isso".

E eu concordo plenamente.
A felicidade é um detalhe perceptível aos olhos atentos.
Aline Ahmad***

4 comentários:

Fernanda Fernandes Fontes disse...

A felicidade está ao nosso lado sempre. Só não a percebemos quando não a queremos...é simples, nós que complicamos ao medi-la, como diz Cecília Meireles.

Abraços.

Me visite:
http://degustacaoliteraria.blogspot.com/

CASSIANE disse...

Ótima reflexão...A felicidade está virando mito no olhar desatento das pessoas...

Nilson Barcelli disse...

Concordo com a Aline.
A nossa felicidade deve ser construida a partir das pequenas coisas, porque as grandes é muito raro acontecerem...
Bom fim de semana, beijinhos.

Jone Jr. disse...

É... A felicidade se alimenta de momentos, de pequenos detalhes. Quase sempre, esses detalhes são apenas migalhas, fragmentos que escapam do filtro implacável de nossos medos. Com um mundo vasto e belo, cheio de cores e sabores a serem descobertos, nos contentamos com essas migalhas, porque elas não colocam em risco o nosso senso de segurança, não nos tiram da "zona de conforto" a qual nos escravisamos. Para ser feliz é preciso também ter coragem. Coragem para ousar, para transcender, para experimentar, seguir o coração - que é aquele que realmente consegue enxergar. Mas nós estamos acostumados com a liderança do nosso lado racional, que costuma ser um péssimo explorador, cheio de ressalvas e considerações, com um sentido de justiça parcial, sempre preocupado com a auto-preservação e com os riscos a que nos expõe o coração. Como podemos ser felizes assim? Que detalhes nos sobram para admirar, diante de tantos medos? Espero que a gente, com esforço, consiga um dia ter a coragem para seguir - não apenas ver - com os olhos do coração. Com certeza o caminho então se mostrará muito mais colorido e feliz.
Beijo, Dona Estrela.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...