Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

29 de jan de 2010

Sem limites

Às vezes penso que não sou uma escritora de grande qualidade, que não tenho nenhum diferencial assim significativo, que poucas pessoas precisam das minhas palavras como eu careço de dizê-las. Às vezes me desencorajo, me vicio em pensamentos que gostaria de expulsar antes que existissem. Não sigo regras além do desprendimento de escrever a combinação do movimentos dos dedos e do coração. Às vezes uso a palavra "alma" para designar a profundidade inerente do meu ser. Com o sangue do espírito teço o que expresso. A razão se cala para dar espaço aos meus devaneios sem limites. Sem limites como todo e qualquer ser. Sem limites como eu.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...