Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

2 de mar de 2009

Big Brother Brasil - 2009

Pedro Bial é responsável pela maioria das visitas que tenho recebido no blog. Muitos vem buscar as citações que ele faz a cada eliminação. Aprendi a admirá-lo por isso. Os textos que ele lê trazem cultura a milhões de pessoas como ele mesmo comenta nesta entrevista a Mauricio Stycer.

Bial compartilha a opinião de milheres de pessoas e intelectuais, o Big Brother não oferece cultura ou educação, é puro entretenimento. As pessoas que estão ali não sabem "nada"(nas palavras dele), embora isso seja um retrato da juventude brasileira. Sempre pensei um pouco diferente. O Big Brother não me trouxe cultura, mas sempre me trouxe educação, reflexão. Entendo que isso se deve a uma bagagem que carrego, a um olhar que coloco sobre cada coisa que vejo. Assisto ao BBB sentindo e pensando, é um programa que me instiga. Tudo se deve a minha paixão pelo ser humano e a vontade intrínseca que tenho de decifrá-lo.

Para finalizar deixo mais uma citação de Pedro Bial (só que na entrevista), trata-se de um poema de Paulo Henriques de Britto:

Biodversidade

Há maneiras mais fáceis de se expor ao ridículo,
que não requerem prática, oficina, suor.
Maneiras mais simpáticas de pagar mico
e dizer olha eu aqui, sou único, me amem por favor.

Porém há quem se preste a esse papel esdrúxulo,
como há quem não se vexe de ler e decifrar
essas palavras bestas estrebuchando inúteis,
cágados com as quatro patas viradas pro ar.

Então essa fala esquisita, aparentemente anárquica,
de repente é mais que isso, é uma voz, talvez,
do outro lado da linha formigando de estática,
dizendo algo mais que testando, testando, um dois três,

câmbio? Quem sabe esses cascos invertidos,
incapazes de reassumir a posição natural,
não são na verdade uma outra forma de vida,
tipo um ramo alternativo do reino animal?

Paulo Henriques de Britto, Macau. Companhia das Letras

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...