Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

11 de mar de 2010

Eu te amo e suas maneiras

"Amar de novo" é diferente de "amar ainda". "Amar de novo" a mesma pessoa é fazer o amor renascer e recomeçar a cada dia.

Dizer a alguém: "Eu te amo, de novo" é contar de um amor que nasceu agora há pouco. É afirmar que aquele de antes não importa mais. O "eu te amo" de ontem serviu para ontem, existiu, mas o de hoje é outro.

Dizer a alguém: "Eu te amo, ainda" é contar de um amor de ontem, que se apaixonou antes e que se mantém ainda vivo.

Dizer a alguém: "Eu te amo tanto..." é diferente de dizer "Eu te amo muito!"

"Eu te amo tanto..." é para quem considera incontável e impensável o amor que sente. É para quem mal consegue expressar o sentimento doce dentro do peito. É para quem não imaginava poder se sentir assim: "amando tanto". E se "embobece" amando... Portanto, "eu te amo tanto" é um desabafo de quem fala do amor que sente pelo outro mas que fala também para si mesmo. Como uma frase que escapuliu do sentimento.

"Eu te amo muito" é para quem quer gritar e frisar o grande amor que sente no peito pelo outro. Eu te amo muito é para deixar o outro saber que é amado, e muito.

"Eu te amo tanto" é um amor delicado que se diz baixinho, quase em um suspiro. "Eu te amor muito" pode ser dito em um grito, em letras garrafais...

São tantas as formas de declarar o amor. São tantos os jeitos...

Tristes os que calam o amor que sentem, felizes os que o declaram!

2 comentários:

Cacarina disse...

Lindo isso!
Eu pagaria, como não?
E esse vídeo? Conte um pouquito mais, se puder.
Beijoca,
Claudia

Cacarina disse...

PS: Pagaria para ler seus textos! Claro. Risos.
Claudia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...