Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

24 de mar de 2010

Subestimamos os problemas das crianças

Às vezes a gente subestima a complexidade dos problemas das crianças e lembra com nostalgia da infância. Normalmente isso acontece quando chegam os problemas da vida adulta. Crianças também podem se sentir (e se sentem muitas vezes) tristes, estressadas, inseguras, rejeitadas... Só que quanto mais velhos menos nos lembramos de quem fomos ou do que sofremos na tenra idade. Fica só a doçura... No meu trabalho presencio crianças que vivem situações de angústia, medo, repressão, conflito. São pequenas heroínas enfrentando a separação dos pais, brigas, desamor. Ou seja, problemas que atingem as mesmas (ou maiores) proporções dos que passam os adultos.

É um mito a idéia de que a infância é uma fase inteiramente gostosa e alegre.

Ainda assim, depois de um dia estressante de trabalho, fico com saudade da minha.

Um comentário:

Karina Amalia disse...

São verdadeiras guerreiras, e nossa missão é ter a delicadeza de perceber e compreender todos esses sentimentos, e não tornar as angústias, os problemas maiores do que eles realmente são.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...