Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

28 de jun de 2008

Ilhada

Sinto uma dor no peito
Algo que não sei explicar direito
Um dor de quem sente
De ter sentimento
De sentir-se só
Isolada no tempo
Uma ilha com oceano gelado em volta
Perdida no Atlântico escuro
Uma fresta de luz
Abandonada em um galpão negro
Um único sim em uma infinidade de nãos...
Ah... Assim fico...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...