Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

16 de jun de 2008

Sábados poéticos

Escrevo em poesia as palavras que descrevem meu curso de poesia falada com Elisa Lucinda:


Por cinco sábados um grupo de pessoas se reuniu.
O laço que os unia era delicado, rosado, acetinado...
Seus sentimentos haviam sido tocados.

Em seus corações alguma palavra tinha pousado
Deixara, como pétala, o ar mais perfumado
Depois de um simples toque não seriam mais os mesmos.

A busca era de um sonho,
Ou de um aprendizado a mais,
Ou de um valor perdido,
Algo que pudesse reativar o sentido

Seria preciso entrega,
Coragem, atitude.
Também paciência,
persistência e inquietude.

Por cindo sábados a busca foi constante
Cheguei atrasada, no meio de uma estrada inacabada,
Com toda a paixão que move o corpo
Para embalar as coisas do coração.

(Poesia é embalada também na mente,
Mas a minha é movida pelo pulsar cardíaco dos dedos,
Delimitando segredos íntimos,
Expondo dizeres mudos)

Não pude sentir-me completamente parte do todo
Fui ouvinte, "observante", aprendiz.
Senti-me parte de algumas partes,
Em que fui ouvida, observada, compartilhada.

Agora somos um.
Unidos pelo laço do verso.
Pela métrica
Pela rima rara,
Por essa luz tão clara
Que nos inverte ainda.

Agora somos um.
Compartilhando uma admiração tão linda,
Repartindo a nossa inversão singela e finda,
Que sempre finda
Para recomeçar!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...