Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

4 de abr de 2009

Autora

Vou escrever um livro de páginas invisíveis.
Como trilha sonora: meu coração.
Vou colocar alguns trechos em negrito,
E a capa do livro será uma canção.

Vou fazer jogos com as palavras,
Construir diálogos inaudíveis.
Vou apagar destinos e páginas raras,
O canto dos hinos, as superfícies claras.

Vou pretender ser autora,
Sendo também personagem.
Vou pretender que não morra,
O invisível contido na imagem.

Sei que é possível que exista,
Um propósito maior para tudo que escrevo.
Sei que há uma lógica moralista
E uma liberdade acorrentada à tudo que devo.

No entanto está tudo invisível:
Eu, a autora, a personagem e o livro...

Aline Ahmad***
esrito em 20/09/2004 – 7h59min

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...