Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

16 de jul de 2009

Tempo

Eu nao minto mais.
Eu digo.
Eu nao finjo mais.
Eu faco.

E' esse tempo passando, levando,
Nao sobra mais espaco para nada...
E' esse tempo passando, levando,
Abre porta, fecha porta,
Abre janela, fecha janela,
Abre, fecha,
A mao do tempo nao abre, nem fecha
Mas a minha mao dentro do tempo
Te abre, te fecha...

A minha mao dentro do tempo se abre
E se fecha.

A minha mao nao segura o tempo.

E' esse tempo passando.
Eu nao minto mais,
Eu nao finjo mais.
O tempo passa mais,
Mesmo assim.

As minhas palavras sao so' um jeito de dizer-me
As minhas palavras sao so' um grito para espalhar-me
As minhas palavras sao so'.
Minhas palavras sao sozinhas.

Todos os olhos que as olham sao os meus.
Todos os olhos que as leem sao os meus.
Os meus olhos sao so'
Meus olhos sao sozinhos.

Eu nao lamento,
Eu vivo.

Eu nao me contento.
Eu exijo.

O tempo nao ouve nem lamentos
Nem exigencias.
O tempo e' surdo.

O tempo passa.
Eu fico.
O tempo passa.
Eu vivo!

4 comentários:

Lances da Vida disse...

Olá Aline!!

Adorei todos os poemas, as frases. São lindos e como já disse antes, existe coisas que você escreve e descreve o meu momento, quero dizer, o que estou sentindo, como por exemplo o poema que você escreveu "carencia".

Abraço.

Lances da Vida disse...

Aline, eu gostaria que você me permita cópiar alguns desses poemas e postarno meu outro blog.
As pessoas que visitam meu blog iriam adorar conhecer seus poemas, com toda certeza mencionarei o teu nome sempre.

Aline Ahmad disse...

Ah, vai ser uma honra para mim!
Se alem do nome colocar meu link agradeco ainda mais. De qualquer forma desde ja, obrigada!

Lances da Vida disse...

Oi, muito obrigada, colocarei sim o seu linke passa lá para ver www.mylifeis.loveblog.com.br

Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...