Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

17 de out de 2009

Sobre um tesouro

Pensei ter encontrado um tesouro
Achei que a vida tivesse me dado de presente
Enxerguei brilho, esmeralda, diamante e ouro
Por onde olhava, bem na minha frente

Por algum tempo fiquei enfeitiçada
E de tão feliz o tesouro era tudo que via
Mas o tempo passou, e quando acordada
Percebi que o tesouro não mais existia

Procurei-o dormindo, sonhando e sorrindo
Procurei-o como se soubesse que iria encontrá-lo
Mas de mim percebi o tesouro fugindo
Para um outro tempo em que pudesse ganhá-lo

E de longe ele brilhou
Mais que de perto
Só então me mostrou
Que não era assim tão certo...

Era um tesouro falso e sem valor
Assim é o amor
Se mostra primeiro como paixão
Cega o coração
Depois se vê como realmente é
Cabe a cada um escolher
O amor que se quer

Cabe a cada um escolher, perceber e notar
O que se quer para sempre, o que não se quer jamais
E, quem sabe, a uma conclusão chegar
Que mesmo pouco valioso o tesouro pode brilhar mais...
...Ainda mais

Um comentário:

Karina disse...

Pode publicar o livro, de encantamentos, pois com certeza atingirá muitas pessoas, e eu já estou pedindo um autografo, antecipadamente.

Bjus

Tia KA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...