Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

20 de out de 2009

Versos de Brasa

De versos quentes como brasa
Intensamente tuas palavras vem
E voam mesmo não tendo asas
E trazem a ti também

Na música que jamais ouvi
Na poesia que não pude tocar
Nos beijos que a vida privou de ti
Mas todos, ainda quero te dar

És como o sopro da vida
Preenchendo a cura e a ferida
Com a alegria que sempre renasce

És o desmedir e a medida
O chegar e a despedida
E a esperança, de que nunca passe.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...