Se esta é a sua primeira vez neste blog leia na coluna da direita as instruções!

1 de jul de 2008

Acena

Publicado no fotolog em 07/05/2004:

Amor

Falas do amor pois só do amor que vale a pena,
Calas da dor que da minh’alma triste acena,
Olhas a flor que no jardim o corpo rarefeito exala
O mesmo perfume que, em silêncio, também fala.

Sintas na fé a força que emana algum vencer
O amanhã incerto sabe que vive.

Se me permite um outro verso bem pequeno,
Que em mim se esconde e em sua voz se faz sereno
Sei que de amor os seus ouvidos estão cansados
Mesmo pulsando um coração despedaçado
Porque sem amor a nossa alma é pequena
(Diz o poeta que então não vale a pena)
Insisto cantar a mesma canção que se espalha
Por longo silêncio sem que se ouça um triste riso.

Insisto em chorar as doces lágrimas que meu corpo emana
Para não dizer que não provei o que é ser.

Ainda há em meu colo,
Ainda que sem cor...

Se ainda existe amor, é dele que se fala!

Aline***
________________
Poema que escrevi em 03/10/2003, sobre um tema recorrente em minhas poesias: o amor. Escrevo sobre amor até quando não estou exatamente apaixonada. E vocês, estão?

Um comentário:

Luiza Cristina disse...

Para colocar comentários com fotos, entra em gravatar.com.br, coloque uma foto tua com um e-mail verdadeiro.
Todo comentário que fizer, precisa ter esse email válido, que colocou no gravatar.

Pronto.

Boa sorte.

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...